Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Programas

Rede de grande alcance

Atuação no fortalecimento da sociedade civil e na formação de profissionais de educação chega a 76% dos municípios brasileiros, beneficia 7,2 milhões de crianças, jovens e adolescentes — e articula redes de proteção diante do cenário de pandemia

Família do município de Portel (PA), que recebeu cestas básicas e livros do Leia para uma Criança, entregues pela Congregação Agostiniana Missionária de Assistência e Educação (CAME): rede do Itaú Social ampliou-se por meio de parceria com organizações atuantes nos territórios. Foto:/CAME/Divulgação

Estruturados sobre dois sólidos pilares — Formação de Profissionais de Educação e Fortalecimento da Sociedade Civil —, os programas do Itaú Social materializam o propósito da organização de atuar como polo de desenvolvimento educacional articulador, agregador e produtor de conhecimento para a consolidação da educação e da proteção de toda criança, adolescente e jovem como prioridades da sociedade. Foi com esses programas que no difícil ano de 2020 o Itaú Social chegou a 4.262 municípios, apoiando 1.977 instituições — entre organizações da sociedade civil, conselhos municipais e bibliotecas —, e atuou com 742 secretarias de Educação. Mais de  191 mil pessoas participaram de atividades de formação e, por seu intermédio, mais de 7,2 milhões de crianças foram beneficiadas. 

Todo esse alcance só foi possível graças a uma verdadeira rede de redes que é constantemente tecida e fortalecida por esses programas, o que permitiu dar escala e rapidez ao esforço para mitigar os efeitos da pandemia em comunidades em situação de maior vulnerabilidade social. Planejamentos foram refeitos, iniciativas e parcerias passaram por remodelação para o formato digital e os programas ganharam maior abrangência, colaborando para reduzir os efeitos da pandemia no cotidiano de profissionais de educação e de instituições parceiras. Dos R$ 131 milhões investidos na linha de atuação de fortalecimento da sociedade civil, num contexto em que as organizações são desafiadas em seus territórios a enfrentar as desigualdades agravadas pela crise, alocaram-se R$ 52 milhões para o Apoio Emergencial Covid-19. Os recursos foram destinados a 138 instituições e beneficiaram 157 mil famílias, que receberam cestas básicas, kits de higiene, equipamentos de proteção individual (EPIs) e mais de 82 mil exemplares de livros da coleção Leia para uma Criança.

Em números

1.977

instituições apoiadas

4.262

municípios

742

secretarias de Educação parceiras

191 mil

participantes em ações formativas

7,2 milhões

de crianças, jovens e adolescentes beneficiados

R$ 59,5 milhões

investidos no pilar Formação de Profissionais de Educação

R$ 131 milhões

investidos na linha de atuação Fortalecimento da Sociedade Civil

R$ 52 milhões

foram destinados ao Apoio Emergencial Covid-19

138

instituições foram parceiras dessa ação

157 mil

famílias foram beneficiadas pelo apoio emergencial