Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

AGÊNCIA DE

Notícias

Institucional

Publicadas oito reportagens selecionadas pela 3ª edição do edital Jornalismo de Educação

Iniciativa do Itaú Social e Jeduca, pautas abordam temas como infraestrutura de escolas indígenas, mudanças climáticas, militarização de colégios e relação de estudantes e professores LGBTQIA+. Confira


Já estão publicadas as oito reportagens resultantes dos projetos selecionados na terceira edição do Edital Jornalismo de Educação, iniciativa do Itaú Social e da Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação). O projeto tem como principais objetivos fomentar reportagens de educação em todo o Brasil e que o tema entre cada vez mais em pauta nos cursos de jornalismo e comunicação em geral. Nesta edição, a seleção priorizou trabalhos que tratassem das desigualdades educacionais.

Cada projeto de reportagem contou com bolsa de apoio de R$ 8 mil e suporte para produção do material jornalístico, que incluiu diálogos sobre fontes de dados e possíveis entrevistados. As iniciativas envolveram 13 profissionais residentes em seis estados de quatro regiões brasileiras. 

Confira as reportagens selecionadas

Pauta: Educação árida: mudanças climáticas dificultam acesso à escola
Jornalistas:
Anelize Moreira (SP) e Camila Salmazio (SP)
Detalhes:
a reportagem mostra os impactos dos fenômenos climáticos extremos na vida escolar de meninas residentes no Semiárido de Alagoas e Pernambuco
Veículo: portal Lunetas

Pauta: Socioeducação: como estudam adolescentes brasileiros que cumprem medida de privação de liberdade?
Jornalista: Fernanda La Cruz (RS)
Detalhes: a matéria tem o objetivo de apresentar o ensino a quem têm acesso aos adolescentes e jovens na socioeducação brasileira, demonstrando como estudam e como funcionam as escolas nas unidades socioeducativas.
Veículo: site do projeto #Colabora.

Pauta: Lutando por igualdade: os desafios de professores, estudantes e pais LGBTs em sala de aula
Jornalista:
Ícaro Kropidloski (RS)
Detalhes:
tomando como pano de fundo dados sobre as agressões às pessoas LGBTQIA+ (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais), a reportagem responde uma pergunta: “quais são os desafios de professores e estudantes LGBTs em sala de aula?”
Veículo
: site Nonada.

Pauta: Dez anos de cotas: os beneficiados e as lições para os próximos anos
Jornalistas:
Ítalo Cosme (CE) e Patrick Freitas (SP)
Detalhes: 
Em 2022, a Lei de Cotas (Lei nº 12.711/2012) completa dez anos. Para traçar a evolução da ação afirmativa, a reportagem ouve estudantes negros e pardos beneficiados ao longo da década pela iniciativa
Veículo: site Mundo Negro

Pauta: ‘O ensino indígena’
Jornalistas:
Jullie Pereira (AM) e Ariel Bentes (AM)
Detalhes:
a partir da experiência de uma escola indígena na zona rural de Manaus (AM), as repórteres analisam os desafios para colocar em prática as determinações legais relativas à educação indígena.
Veículo:
site Amazônia Real, reportagens 1 e 2.

Pauta: Hora da Merenda: efeitos da insegurança alimentar na educação em Minas Gerais
Jornalistas:
Lara Alves (MG) e Pedro Rocha Franco (MG)
Detalhes:
a pauta investigou o atual cenário da alimentação escolar no Brasil para identificar o impacto na vida, saúde e educação de crianças e adolescentes.
Veículo:
série com quatro reportagens (1, 2, 3 e 4), veiculada na Rádio Itatiaia.

Pauta: Militarização de escolas na Bahia
Jornalistas:
Paulo Oliveira (BA) e Linda Gomes (BA)
Detalhes:
a pauta detalha e problematiza o processo de implantação de escolas militarizadas em três cidades baianas: Salvador, Vitória da Conquista e Conceição do Jacuípe.
Veículo:
série de 16 reportagens, divididos em quatro seções mais abertura (1, 2, 3 e 4), veiculada no portal Meus Sertões.

Pauta: Desigualdades na educação formal dos povos ciganos no Brasil: Desafios e perspectivas
Jornalista:
Roi Rogeres Fernandes Filho (BA)
Detalhes:
reportagens especiais que problematizam as desigualdades de acesso à educação formal dos povos ciganos em relação a outros grupos – desde a escolarização das crianças e jovens, até o ensino superior.
Veículo:
série que mostra os desafios e as histórias dos personagens, veiculadas no portal Educação & Justiça.

Além do apoio à produção de reportagens, o edital também selecionou projetos jornalísticos realizados por estudantes. Na mesma edição, foram escolhidos três TCCs (Trabalho de Conclusão de Curso) que resultaram na produção de um livro, uma monografia e uma reportagem sobre os temas, respectivamente, EJA (Ensino Jovem e Adulto), a relevância da pauta da educação em veículos de comunicação e estudantes quilombolas. 

4ª edição Jeduca
As inscrições de projetos de reportagens para a nova edição do Edital Jornalismo de Educação já foram encerradas. Assim como na edição anterior, os selecionados receberão uma bolsa de R$ 8 mil mais apoio técnico para a produção das pautas. O anúncio ocorrerá até o dia 16 de agosto e as reportagens deverão ser publicadas até o dia 30 de novembro deste ano.

Já a inscrição de projetos jornalísticos realizados por estudantes será lançada no segundo semestre deste ano. A proposta desta divisão é que a escolha e execução das bolsas acompanhem o calendário escolar, e que mais pautas de educação feitas com os recursos do edital sejam publicadas ao longo do ano.

Assine nossa newsletter

Com ela você fica por dentro de oportunidades como cursos, eventos e conhece histórias inspiradoras sobre profissionais da educação, famílias e organizações da sociedade civil.