Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

AGÊNCIA DE

Notícias

Institucional

Luta pela inclusão: Itaú Social destaca programas que acolhem crianças com deficiências

Ações envolvem acesso à literatura e formações para secretarias de Educação


A equidade na educação só pode ser alcançada quando existirem políticas públicas efetivas voltadas para a inclusão das pessoas com deficiência. Para dar visibilidade às demandas desse público, que precisa ter acesso garantido aos espaços de convivência, lazer, ensino, saúde, entre outros, foi instituído o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, 21 de setembro.

Para celebrar essa data, o Itaú Social destaca programas que contribuem para a inclusão de crianças com deficiência no universo literário, além de apoiar secretarias municipais de Educação e organizações da sociedade civil na garantia dos direitos sociais e à educação desse público.

O “Leia com uma criança” já distribuiu 63,5 milhões de livros gratuitamente, entre eles títulos regulares e acessíveis. O programa disponibiliza, gratuitamente, um acervo de 20 obras já distribuídas em anos anteriores em versões audiovisuais acessíveis, voltadas para o público com deficiência. 

Leia com uma criança distribui livros para 1,5 mil municípios

O acesso aos livros em braile permitiu com que Isaac e Levi tivessem mais autonomia dentro e fora de casa, como conta Aline Costa Benevides, mãe das crianças com deficiência visual. “É difícil encontrar livros. Existem sites que vendem livros em braile, mas são muito caros”. Graças à leitura e ao treino da coordenação motora, seus filhos conseguem realizar algumas tarefas sem precisar de ajuda, como esquentar seu próprio leite e pegar correspondência com o carteiro.

Apoio às redes de ensino

A educação é um dos maiores desafios quando se trata de inclusão de crianças e adolescentes com deficiência. Com a proposta de contribuir para que estudantes sejam matriculados e tenham a garantia da aprendizagem, o programa “Melhoria da Educação” oferece a Tecnologia Educacional “Gestão Inclusiva: pessoas com deficiência”.

A metodologia foi aplicada em Itapevi (SP), com apoio do Instituto Rodrigo Mendes, e realizou formações com técnicos da secretaria, gestores e docentes sobre as múltiplas formas de aprendizagem. Também foi implementada uma rede de apoio com fluxo para atender os estudantes com deficiências do município.

Assine nossa newsletter

Com ela você fica por dentro de oportunidades como cursos, eventos e conhece histórias inspiradoras sobre profissionais da educação, famílias e organizações da sociedade civil.