Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

AGÊNCIA DE

Notícias

Institucional

Lançada a campanha Leia com uma criança 2022

Programa destinará dois milhões de livros infantis para secretarias municipais de educação e organizações da sociedade civil. Estão abertas também as inscrições para o edital que selecionará títulos para a edição de 2023


O programa Leia com uma criança inicia a campanha deste ano, que distribuirá gratuitamente dois milhões de livros infantis para secretarias municipais de educação e organizações da sociedade civil que façam ações de leitura com crianças. O cadastro para solicitar os kits literários deve ser realizado até às 18 horas do dia 2 de setembro na página do programa.

“Diante dos desafios impostos pelo acirramento das desigualdades, reafirmamos o nosso compromisso com a equidade. Direcionamos os esforços da campanha para promover e democratizar o acesso à leitura literária de qualidade para famílias e crianças em situação de maior vulnerabilidade socioeconômica”, ressalta a superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann.

Neste ano, o kit reúne dois títulos que valorizam histórias, pessoas e culturas negras e indígenas. Conheça as obras selecionadas:

De passinho em passinho: um livro para sonhar e dançar – Companhia das Letrinhas
A obra tem ilustrações de Bruna Lubambo e texto de Otávio Júnior – escritor, contador de histórias e produtor teatral que ficou conhecido por abrir a primeira biblioteca nas favelas do Complexo do Alemão e no Complexo da Penha, no Rio de Janeiro. O livro traz danças e ritmos periféricos, protagonizados por crianças e jovens. A produção tem como pano de fundo uma pesquisa cuidadosa sobre o estilo funk e seus demais aspectos culturais no país. 

A pescaria do curumim e outros poemas indígenas – Editora Panda Books
Nos 12 poemas deste livro, Tiago Hakiy, escritor descendente do povo Sateré Mawé, tece versos recheados de lembranças e afetos sobre um jeito de ser criança que tem muitas relações com a natureza. As ilustrações de Taísa Borges acrescentam ainda mais riqueza ao universo retratado pelo autor. Cores, peixes, pássaros, costumes e olhares sobre o dia a dia na floresta despertam conversas e a imaginação.  

Leia com uma criança distribui livros para 1,5 mil municípios

As solicitações dos kits podem ser feitas por instituições de todo o Brasil, porém serão priorizadas aquelas localizadas em municípios mais vulneráveis, considerando parâmetros como grau de concentração de renda (Índice de Gini), Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), entre outros. É possível conferir a lista destas cidades no regulamento oficial. As organizações podem solicitar um kit, ou seja, dois livros para cada criança atendida ou matriculada.

Leia para uma Criança: 10 anos de histórias

Pessoas físicas podem participar da campanha indicando o programa para instituições ligadas ao fomento à leitura com crianças. Além disso, estão disponíveis, gratuitamente, 14 títulos da estante digital e um acervo de 22 obras já distribuídas em anos anteriores em versões audiovisuais acessíveis, voltadas para o público com deficiência. 

Livros acessíveis
As instituições também poderão pedir livros em versões acessíveis, em braile e com fonte ampliada para crianças com deficiência visual. Outra opção são os títulos em formato audiovisual com múltiplos recursos de acessibilidade, como Libras e audiodescrição. 

Os livros acessíveis possuem número limitado, portando as organizações que atendam a este público ou que realizem ações inclusivas terão prioridade. 

Seleção de livros para campanha 2023

O Itaú Social também abriu o edital que selecionará obras para serem compartilhadas na campanha de 2023. As editoras poderão submeter até três livros para avaliação, de qualquer temática. Para participar, basta preencher um formulário na plataforma de editais do Itaú Social e enviar um exemplar de cada livro para o endereço indicado no regulamento, via serviço postal. 

Principais requisitos:

  • Texto e ilustrações dos livros devem ser de autoria nacional ou de países latino-americanos, nascidos e residentes (Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Equador, El Salvador, Guatemala, Haiti, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai, Venezuela e México);
  • Os livros devem ser voltados a crianças de zero a seis anos e conter até 50 páginas;
  • A editora não pode ter sido contemplada na edição anterior do programa.

Está prevista a aquisição de até dois milhões de exemplares de cada obra selecionada. As editoras também devem ceder os direitos para a produção de até 15 mil livros em braille e em formato acessível para leitores com deficiência.

O programa
Iniciado em 2010, o Leia para uma Criança (que agora passa a se chamar Leia com uma criança) distribuiu cerca de 63,5 milhões de livros físicos gratuitamente. Foi o primeiro programa a receber o Prêmio Jabuti na categoria Fomento à LeituraSeu objetivo é incentivar a leitura do adulto para e com a criança como uma oportunidade de fortalecer o vínculo e a participação ativa na educação desde a primeira infância.

Agenda Leia com uma criança

Solicitações de kits da campanha
Período: a partir das 12h do dia 8 de agosto, até às 18 horas do dia 2 de setembro (horário de Brasília)
Inscrição:  página do programa


Edital para a seleção dos livros da campanha 2023
Período:  de 8 de agosto a 9 de setembro, até às 18 horas (horário de Brasília)
Inscrição: área de editais do Itaú Social

Assine nossa newsletter

Com ela você fica por dentro de oportunidades como cursos, eventos e conhece histórias inspiradoras sobre profissionais da educação, famílias e organizações da sociedade civil.