Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Centenário de Paulo Freire: conteúdos do Itaú Social abordam legado do educador brasileiro

Confira entrevistas, vídeos e outros materiais que apresentam as contribuições de Paulo Freire para a educação no Brasil e no mundo


Considerado mundialmente um dos mais notáveis pensadores na história da pedagogia, Paulo Freire completaria 100 anos em 19 de setembro de 2021. Em celebração ao seu centenário, o Itaú Social reuniu conteúdos sobre o legado do educador, que defendia uma educação centrada nos conhecimentos do indivíduo, respeitando o saber do estudante. “Não existe ensinar sem aprender”, disse ele em uma carta para professores. 

Paulo Freire, presente!

“Freire pode anunciar a possibilidade de uma educação mais justa e igualitária”, disse o doutor em Ciências da Educação pela e professora da Universidade de Genebra, Abdeljalil Akkari, durante o III Seminário Internacional Arte, Palavra e Leitura, realizado em março. Em sua apresentação, ele elencou os motivos nos quais a herança pedagógica de Freire é importante e indispensável para a política educacional no mundo. O evento contou também com a participação do diretor fundador do Instituto Paulo Freire do Brasil, José Eustáquio Romão; e do pesquisador e escritor Sérgio Haddad

“Freire nos ensina a desvelar a realidade”

Em entrevista para o Notícias da Educação/Itaú Social, o autor do livro “O educador: um perfil de Paulo Freire”, Sérgio Haddad, contou os principais pontos para entender, pensar e realizar o pensamento freireano na educação. Também ressaltou que Freire não é um crítico da escola como alguns acreditam. “Ele sempre valorizou muito a escola, e a escola teve importância muito grande pra ele na formação, tanto é que foi secretário da Educação”. 

“Freire acabou criando uma teoria do conhecimento”

Doutor em educação e fundador do Instituto Paulo Freire, José Eustáquio Romão, também em entrevista para o Notícias da Educação, explicou o movimento freireano em defesa da luta pelos oprimidos. Romão explica como o conceito da liberdade é central da perspectiva freireana. “Ele vai dizer que só existe liberdade plena quando você se liberta dos referenciais, ou seja, quando você tira o opressor de dentro de você como hospedeiro”, disse.

Manuscrito Pedagogia do Oprimido

Um dos mais conhecidos trabalhos do educador, “Pedagogia do Oprimido” propõe uma nova forma de relacionamento entre professor, estudante, e sociedade. É um dos fundamentos da pedagogia crítica. O Instituto Paulo Freire cedeu a obra que traz seus manuscritos publicados na íntegra em fac-símile, que permite analisar a matriz autêntica de uma das mais importantes obras escritas no século XX. 

Ocupação Paulo Freire

O Itaú Cultural promove a Ocupação Paulo Freire, que revisita a vida do educador desde o nascimento, passando por toda a atuação dele no Brasil e no exterior, além de reunir diversas vozes que falam de seu trabalho. A mostra exibe documentos, fotos, audiovisuais e, entre outros mecanismos de interação, há um mapa interativo indicando todos os pontos do mundo onde a pedagogia dele chegou. A visitação é gratuita e ocorre de terça a domingo, das 11 às 19 horas, na Avenida Paulista, 149, em São Paulo (SP). Estará aberta ao público entre 18 de setembro e 5 de dezembro de 2021.