Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional

Texto vencedores da Olímpiada de Língua Portuguesa ganham edição em livro digital

Dois textos vencedores da quinta edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, realizada em 2016, estão disponíveis em formato de livros digitais interativos. A iniciativa faz parte do programa Leia para uma Criança, do Itaú em parceria com o Itaú Social.

“A flor que chegou primeiro”, escrito pela estudante Mayara de Aleluia Pereira, é uma crônica sobre um dia comum do final de semana, em que a comunidade se reúne em frente à principal estação ferroviária e discute sobre o nome do bairro Caraíba, em Vianopólis, no estado de Goiás.

Já “Sovaco de Cobra”, poema do estudante Ângelo Raphael Albuquerque Ferreira, morador da comunidade Sovaco da Cobra em Manaus (AM), mostra que a beira de um igarapé poluído é o cenário de um cotidiano feliz de brincadeiras com seus amigos, e como este lugar era diferente quando seu avô chegou lá na década de 90.

Os textos foram adaptados pelo escritor Jessé Andarilho e são os primeiros títulos produzidos a partir de histórias escritas por estudantes para integrar a coleção de livros digitais, que conta com obras de escritores como Zeca Baleiro, Luis Fernando Veríssimo e Adriana Falcão.

Olimpíada de Língua Portuguesa

A Olimpíada de Língua Portuguesa é promovida pelo Itaú Social em parceria com o Ministério da Educação, sob a coordenação técnica do Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária). O objetivo é apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita.

A partir da metodologia do programa Escrevendo o Futuro, os professores realizam oficinas de produção de texto com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. A 6ª edição do evento, em 2019, contou com a inscrição de mais de 170 mil pessoas, participação de 42.086 escolas públicas e homenagem a escritora Conceição Evaristo.