Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

AGÊNCIA DE

Notícias

Institucional

Série aborda criação do Estatuto da Criança e do Adolescente

A produção tem apoio do Itaú Social e irá ao ar às segundas-feiras no Canal Futura


Com 31 anos de existência, o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) foi responsável por diversos avanços sociais e jurídicos na defesa dos direitos humanos da criança e do adolescente. Para mostrar como toda essa história começou, a série Origens do ECA estreia no Canal Futura no dia 6 dezembro (segunda-feira).

Com apoio do Itaú Social, a série terá cinco episódios, cada um retratando um movimento que ajudou na elaboração do ECA, sendo eles o militante, ecumênico, jurídico, internacional e estatal. Serão 11 entrevistas que mostrarão imagens de filmes, jornais e revistas da década de 80 como forma de contextualizar o momento em que a lei foi elaborada.

 “O ECA é reconhecido como uma lei inovadora, que passa a responsabilizar não só a família, mas o Estado e toda a sociedade pela proteção integral de cada criança e adolescente em nosso país. Mesmo após 31 anos, os desafios de implementação da lei ainda são grandes e um deles é o fortalecimento dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente, como atores estratégicos para assegurar o princípio constitucional da prioridade absoluta à infância e adolescência. São estes órgãos que atuam diretamente nos territórios e conhecem suas realidades e necessidades”, avalia a coordenadora de Desenvolvimento Institucional do Itaú Social, Milena Duarte.

Itaú Social lança Edital Fundos da Infância e da Adolescência 

A direção da série é de Edson Maurício Cabral, assistente social e mestre em Serviço Social pela PUC/SP (Pontifícia Universidade Católica), que atua há mais de 20 anos no campo dos direitos humanos da criança e do adolescente; e de Marco José Domenici Maida, psicólogo e mestre em ciências pela USP (Universidade de São Paulo), com mais de 15 anos de vivência na área de direitos humanos da infância.

O programa foi produzido pela Rompenuve – Direitos Humanos e recebe apoio institucional da ANDI (Agência de Notícias dos Direitos da Infância) – Comunicação e Direitos, do FNDCA (Fórum Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente), IBDCRIA (Instituto Brasileiro da Criança e do Adolescente), MNMMR (Movimento Nacional de Meninos e Meninas de Rua), Pastoral do Menor, Projeto Axé e Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância).

As exibições serão às 23h45 de segundas-feiras, com reprises às terças-feiras, às 15h40 e quartas-feiras, às 13h30. A série será transmitida até o início de janeiro de 2022.

Agende-se

Origens do ECA
Estreia: Novos episódios toda segunda-feira, às 23h45;
Reprises: Terça-feira, às 15h45, e quarta-feira, às 13h30;
Classificação: livre

Assine nossa newsletter

Com ela você fica por dentro de oportunidades como cursos, eventos e conhece histórias inspiradoras sobre profissionais da educação, famílias e organizações da sociedade civil.