Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Melhoria da Educação celebra parceria com 83 municípios para desenvolver políticas educacionais nos territórios

Parceria entre secretarias de educação e Itaú Social irá até 2024 e oferece ações de formação, monitoramento e avaliação da gestão municipal na educação


O Itaú Social celebrou acordo de cooperação com 83 municípios (sendo sete prefeituras e seis iniciativas de colaboração intermunicipal) por meio do Melhoria da Educação, no dia 8 de dezembro. O programa tem a proposta de fortalecer as secretarias municipais de educação na garantia do acesso, permanência e aprendizado com equidade de crianças e adolescentes. 

A parceria oferece apoio às equipes de secretarias de educação, que passarão por ações formativas de qualificação e terão apoio técnico para formulação, implementação e acompanhamento da política educacional. A vigência do programa durará até 2024, ano que se  encerram os mandatos executivos. 

Veja como foi a cerimônia de celebração do programa Melhoria da Educação

“Depois daquele primeiro encontro, em fevereiro deste ano, quando fizemos a apresentação do edital, quero dizer que é uma enorme alegria estar com vocês para fechar essa primeira etapa de uma longa jornada. Estamos muito felizes com a parceria firmada entre o Itaú Social e os municípios e iniciativas de colaboração intermunicipais. Hoje é dia de comemorar”, disse a superintendente do Itaú Social, Angela Dannemann, durante o evento on-line que celebrou a assinatura dos acordos de cooperação, realizado em 08 de dezembro.

O programa conta com os modelos de atuação municipal e regional. O primeiro tem como foco municípios com até 550 mil habitantes, mais de 10 mil matrículas e Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica do Ensino Fundamental) abaixo da média estadual ou nacional. No modelo regional, são consideradas as iniciativas da Rede de Colaboração Intermunicipal em Educação, com a adesão de pelo menos 70% dos municípios.

De acordo com os planos apresentados pelos municípios e iniciativas contempladas pelo programa, a prioridade para maioria é melhorar os indicadores de aprendizado, promover a equidade na educação e fomentar a gestão democrática. Formação de profissionais, modernização da gestão escolar e reestruturação do plano pedagógico também foram citados. 

Cada rede implantará até três tecnologias educacionais. Todas elas são desenvolvidas pelo Itaú Social com a parceria técnica de organizações da área. Elas são divididas nas categorias “Planejamento e Gestão Administrativa”, “Gestão Pedagógica” e “Comunicação, Participação, Ações Colaborativas e Controle Social”.

Saiba o que é uma tecnologia educacional

Percurso do Edital
O início da escolha dos municípios começou em fevereiro deste ano, com o lançamento do Edital Melhoria da Educação, e recebeu inscrição de 204 municípios e iniciativas de colaboração.

A segunda etapa foi a realização do seminário “Caminhos e soluções para a melhoria da educação: desafios e oportunidades das novas gestões municipais”, que fez análise da situação das redes de ensino e o planejamento para o início do ano letivo, assim como as possibilidades de desenvolvimento das equipes de gestores educacionais que assumiram as secretarias em 2021.

A última etapa foi uma formação on-line para o planejamento estratégico das redes municipais de educação. A partir dos planejamentos elaborados pelos participantes, o programa selecionou os municípios e iniciativas finalistas. 

Mesmo os municípios que não foram selecionados estão recebendo o acompanhamento para a implementação do plano e acessando outras soluções em gestão da educação por parte do Itaú Social.

“O edital reuniu secretarias de educação e iniciativas muito comprometidas e engajadas. Dirigentes municipais, equipes técnicas, articuladores se empenharam na estruturação do planejamento estratégico, que norteará as próximas ações desta gestão, deixando um bom legado na educação para seus municípios”, analisa a gerente de Implementação do Itaú Social, Tatiana Bello.


Melhoria da Educação

Este ano, o programa foi reformulado para atender secretarias municipais de educação do Brasil inteiro, por meio das tecnologias educacionais e do instrumento Autodiagnóstico da Rede de Ensino, ferramenta disponível para que os gestores avaliem diferentes aspectos da gestão de uma secretaria de educação.

Em 22 anos, o programa contribuiu diretamente na melhoria de índices de educação de centenas de municípios. Também tem se destacado na contribuição do fortalecimento de iniciativas de colaboração pelo país, bem como na formação da Rede de Colaboração Intermunicipal de Educação.

Conheça os municípios e iniciativas parceiras do Melhoria da Educação

Alagoas

  • Conisul (Consórcio Municipal do Sul do Estado de Alagoas)
    Anadia, Barra de São Miguel, Boca da Mata, Campo Alegre, Coruripe, Feliz Deserto, Igreja Nova, Jequiá da Praia, Junqueiro, Penedo, Piaçabuçu, Porto Real do Colégio, Roteiro, São Brás, São Miguel dos Campos, São Sebastião, Teotônio Vilela.

Ceará

  • Maranguape

Bahia

  • Câmara Técnica de Educação do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável do Litoral Sul da Bahia (CDS-LS)
    Almadina, Aurelino Leal, Barro Preto, Buerarema, Coaraci, Floresta Azul, Ibicaraí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Maraú, Ubaitaba, Uruçuca.

Goiás

  • Luziânia

Maranhão

  • Balsas

Santa Catarina

  • Colegiado de Gestão em Educação dos Municípios da Região do Foz do Rio Itajaí (CoGemfri)
    Balneário Camboriú, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Luiz Alves, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo.

São Paulo

  • Consórcio de Desenvolvimento Intermunicipal do Vale do Ribeira e Litoral Sul (Codivar)
    Apiaí, Barra do Chapéu, Barra do Turvo, Cajati, Cananéia, Eldorado, Iguape, Ilha Comprida, Iporanga, Itanhaém, Itaóca, Itapirapuã Paulista, Itariri, Jacupiranga, Juquiá, Juquitiba, Mongaguá, Pariquera-Açu, Pedro de Toledo, Peruíbe, Registro, Ribeira, Ribeirão Grande, São Lourenço da Serra, Sete Barras, Tapiraí. 

Suzano

  • Itapevi

Pará

  • Parauapebas
  • Barcarena

Piauí

  • Arranjo de Desenvolvimento Educacional GE4
    Arraial, Cajazeiras do Piauí, Francisco Ayres, Regeneração, Santa Rosa do Piauí.
  • Arranjo de Desenvolvimento Educacional GE5
    Barra D’Alcântara, Elesbão Veloso, Francinópolis, Várzea Grande.