Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Itaú Social mobiliza colaboradores e sociedade para contribuir com estratégias para redução do abandono escolar

Ação Voluntária Global, realizada todos os anos, terá como tema o direito à educação. Voluntários apoiarão escolas e organizações da sociedade civil


No Dia Internacional dos Direitos Humanos, 10 de dezembro, o Itaú Social lançará mobilização junto aos colaboradores do conglomerado do banco e sociedade para contribuir com estratégias para redução do abandono escolar. Participarão as unidades do Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai, Colômbia, além dos escritórios de Lisboa e Londres.

Considerando as urgências causadas pela pandemia de Covid-19, o objetivo da Ação Voluntária Global 2020, realizada anualmente, é formar uma frente para a garantia da educação, reforçando que o ano não está perdido e que o vínculo com a escola, mais do que nunca, é necessário para garantir a aprendizagem das crianças e adolescentes.

Os voluntários buscarão ouvir as necessidades das escolas e organizações da sociedade civil dentro da região que estão inseridos, e assim, planejar ações que podem ser tanto estruturais (consertos de equipamentos, pequenas reformas e adequações, por exemplo) ou para a manutenção do vínculo família-escola, por meio de acompanhamento de busca ativa.

O lançamento ocorrerá durante uma live transmitida no YouTube do Itaú Social, às 18 horas. Participarão lideranças do Unicef, Conselho Latinoamericano de Voluntariado Empresarial (Clave), Fundação Roberto Marinho, Fundação Rota 40 (Argentina) e Associação Pracatum Ação Social, além de representantes das fundações Itaú na América Latina, Inglaterra e Portugal.

No Brasil, existem 40 comitês de voluntariado Mobiliza Itaú, organizados por polos administrativos ou por cidades, que atuam junto às suas equipes para propagar as ações disponíveis e estimular a prática voluntária. Em 2020, mais de 300 voluntários e parceiros doaram cerca de 10 mil horas em ações, que beneficiaram 33,5 mil pessoas.

“Em um momento como este, em uma crise emergencial, o envolvimento em causas sociais se torna ainda mais importante. O compromisso com a educação deve ser de todas e todos. Portanto, estimular esse contato com a escola e fortalecer uma rede de proteção social se faz extremamente necessário”, explica a gerente de Fomento do Itaú Social, Camila Feldberg.

Contexto

Estima-se que, no Brasil, exista um contingente de 1,5 milhão de crianças e adolescentes de 4 a 17 anos fora da escola. Se o cenário de exclusão escolar já era desafiador para as redes públicas de ensino em 2019, com a pandemia de Covid-19 as dificuldades aumentaram.

Alcançar todos os estudantes têm sido um desafio, pois eles e suas famílias precisam lidar com dificuldades diversas para acompanhar o que foi proposto pelas escolas. Falta de acesso à internet, indisponibilidade de aparelhos e desmotivação são alguns aspectos relatados. Outro ponto de atenção é a situação de vulnerabilidade socioeconômica de muitas famílias, que também foi agravada com a pandemia.

Programação

18 horas – YouTube Itaú Social

Painel 1: O engajamento social no enfrentamento dos desafios do acesso à educação

– Busca Ativa Escolar, com Daniella Rocha (Unicef)

– Engajamento de Empresas e Voluntários, com Raaida Manna (Conselho Latinoamericano de Voluntariado Empresarial – CLAVE)

Mediação: Dianne Melo (Itaú Social)

Painel 2: Iniciativas de apoio à Educação

– Comunicação e Plataforma TMJSempre, com Beatriz Azeredo (Globo) e Beatriz Lima (Fundação Roberto Marinho)

– Fundação Rota 40 (Argentina), com Silvia Torres

– Associação Pracatum Ação Social, com Carlinhos Brown

Mediação: Angela Dannenmann (Itaú Social)