Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Inscrições abertas para edital de apoio a projetos que buscam garantir a aprendizagem em tempos de pandemia

Itaú Social fomentará iniciativas de organizações da sociedade civil, bibliotecas comunitárias e associações de pais e mestres de escolas públicas com até R$ 30 mil


Estão abertas as inscrições para o programa Comunidade, Presente!, desenvolvido pelo Itaú Social. O edital selecionará projetos orçados em até R$ 30 mil que assegurem o direito à aprendizagem das crianças e adolescentes no contexto da pandemia, com o recorte específico para as ações que permitam a retomada das atividades presenciais, a potencialização do ensino híbrido e o suporte às famílias nesse processo.

OSCs (Organizações da Sociedade Civil) com foco em educação, bibliotecas comunitárias e Associações de Pais e Mestres de Escolas Públicas podem se inscrever até o dia 27 de agosto, na plataforma de editais do Itaú Social. O edital conta com etapas de entrevistas virtuais e análises de documentação e solicitação de apoio pela equipe do programa. A divulgação dos selecionados está prevista para novembro de 2021.

Os projetos devem se inserir em uma das três categorias:

  1. Aquisição de materiais e serviços para suporte à retomada das atividades presenciais: EPIs (equipamentos de proteção individual), material individualizado para desenvolvimento de atividades pedagógicas, serviços de higienização de filtro de ar-condicionado, adaptação de bebedouros para outras alternativas mais seguras, equipamentos tecnológicos como notebooks, tablets, celulares para o contexto do ensino híbrido;
  1. Realização de pequenas reformas para adaptação de espaços: obras para promover a ventilação e circulação de ar adequadas, adaptação de refeitórios para melhorar o distanciamento social, remodelação de espaços como corredores e áreas de passagem para beneficiar o fluxo de movimentação;
  1. Aquisição de itens essenciais de consumo das famílias, como alimentos, produtos de higiene e gás de cozinha: considerando que a segurança alimentar das famílias ainda está ameaçada pela crise sanitária e que os cuidados básicos com a higiene são necessários para evitar a disseminação do vírus, estes itens são imprescindíveis para a garantia do aprendizado das crianças, adolescentes e jovens.

Esta é a segunda edição do edital do Comunidade, Presente! em 2021. No primeiro semestre, foram selecionados 88 projetos e investidos R$ 2,3 milhões em recursos para instituições de 17 estados, de todas as regiões do país. Entre as beneficiadas está a entidade social Todo Mundo Feliz, em Santo André (SP), que atende 145 crianças e adolescentes de famílias em situação de vulnerabilidade social, moradoras da comunidade de Tamarutaca. Com o recurso, a OSC fez adaptações em sua estrutura para uma retomada presencial mais segura. A sala de atividades recebeu um novo piso vinílico, que facilita a higienização, e a creche ganhou uma cadeira de alimentação de cinco lugares para os bebês não ficarem muito próximos. Também foram adquiridos notebooks, que ajudarão no ensino de informática para crianças e jovens do serviço de convivência, em contraturno escolar. 

“Os recursos tiveram grande importância para colocarmos em prática os protocolos sanitários exigidos nesta pandemia. Assim, gradualmente, podemos oferecer um atendimento seguro e de qualidade”, disse a coordenadora geral da Todo Mundo Feliz, Érica Nogueira Freitas da Silva. 

“As organizações da sociedade civil são grandes aliadas neste momento de retomada das atividades presenciais nas escolas e recuperação da aprendizagem. Estamos em um contexto desafiador, que exige estratégias e investimentos que vão desde a implementação dos protocolos sanitários, a ampliação do uso das tecnologias para o ensino híbrido até a garantia da segurança alimentar”, explica a gerente de Fomento do Itaú Social, Camila Feldberg.

O programa

Desenvolvido desde 2006, o programa Comunidade, Presente! disponibiliza recursos financeiros pontuais para a melhoria da infraestrutura de OSCs. São apoiadas demandas de aquisição de equipamentos, de materiais permanentes e pequenas reformas, se a organização tiver sede própria. Em 2021, o programa foi reformulado para apoiar iniciativas que mitiguem os efeitos negativos da pandemia de covid-19 na educação.