Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Dia das Crianças: leitura contribui para desenvolvimento e fortalecimento de vínculos

Livro do programa Leia para uma Criança traz reflexões sobre a importância da leitura infantil e como provocar momentos prazerosos em família


Em celebração ao Dia das Crianças, o Itaú Social destaca a importância da leitura infantil. Ler para e com uma criança é investir na sua formação plena, pois a mediação de história contribui com o processo de aprendizagem e de letramento, além do desenvolvimento vinculado às habilidades de leitura e escrita.

“A primeira infância, compreendida dos zero aos seis anos, é um período decisivo para a formação integral da pessoa. É na linguagem e pela linguagem que a criança se constitui para si, para o outro e para o mundo. Isso quer dizer que todo o seu desenvolvimento emocional e cognitivo será mediado por ações que envolvem a palavra”, explica a coordenadora de Engajamento e Leitura, Dianne Melo.

É benefício que a mediação de leitura oferece o fortalecimento de vínculo entre as crianças e os adultos (mães, pais, tias, tios, avós, educadoras etc). Ao realizar a leitura para e com uma criança, o mediador tem a oportunidade de se conectar com as culturas infantis, permitindo que interaja com a história junto a criança.  

Um estudo realizado pelo Itaú Social mostrou uma série de impactos da leitura nos primeiros anos de vida. Além dos efeitos positivos já citados, o relatório aponta que a leitura estimula a curiosidade, a imaginação e a criatividade

Livro Leia para uma Criança
O primeiro capítulo procura destacar como a promoção do direito a ler resulta em um conjunto de estratégias de chamamento da sociedade. O segundo, “Dos autores aos imaginários infantis – A jornada do livro no programa”, aponta o protagonismo que o livro adquire na iniciativa e discute os parâmetros adotados para assegurar que títulos de qualidade cheguem às crianças brasileiras, particularmente àquelas que vivem em regiões mais vulneráveis. 

O terceiro e último capítulo, “Lendo para e com uma criança”, aborda pontualmente a importância da mediação de leitura, trazendo reflexões sobre o que significa ler com uma criança e como promover momentos prazerosos, além de tratar sobre a qualidade das narrativas e as ações formativas realizadas pelo programa.  

O Programa
A proposta do “Leia para uma Criança” é incentivar a leitura do adulto para e com a criança como uma oportunidade de fortalecimento do vínculo e da participação ativa na educação desde a primeira infância. Além disso, o programa busca ampliar o repertório  cultural da primeira infância por meio da literatura de qualidade.

Em 2021, o “Leia para uma Criança” selecionou obras que valorizam histórias, pessoas e culturas negras e indígenas, sendo elas: “Enquanto o almoço não fica pronto” (Editora Zit) e “Os olhos do jaguar” (Editora Jujuba). A distribuição dos livros terá foco exclusivamente em escolas e creches públicas, bibliotecas comunitárias, organizações da sociedade civil (OSCs) e outros equipamentos públicos voltados para a garantia de direitos das crianças de 0 a 6 anos.

Saiba como solicitar os livros

Ao longo de 11 anos, o programa distribuiu 61 milhões de livros pelo Brasil e mobilizou outros países da América Latina, auxiliando no fortalecimento do vínculo entre a criança e o adulto a partir de histórias e imaginação/afeto Como resultado deste trabalho, em 2019, o Leia para uma Criança foi a primeira iniciativa a receber o Prêmio Jabuti na categoria Fomento à Leitura.