Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional

Curitiba recebe o 4º Encontro Nacional da Rede de Colaboração Intermunicipal em Educação

Realizado pelo Itaú Social e Instituto Positivo nos dias 26 e 27 de setembro, evento reuniu representantes de consórcios e arranjos de desenvolvimento da educação

 

A gerente de Programas do Itaú Social, Tatiana Djrdjrjan, participou da abertura do evento. Foto: Murilo Pereira

 

Secretários de educação, técnicos e responsáveis por iniciativas de colaboração entre municípios participaram do 4º Encontro Nacional da Rede de Colaboração Intermunicipal em Educação, que ocorreu nos dias 26 e 27 de setembro, em Curitiba (PR). Realizado pelo Itaú Social e Instituto Positivo, o evento reuniu mais de 200  pessoas.

Ao todo, participaram 15 iniciativas, sendo oito Arranjos de Desenvolvimento da Educação (ADEs) e sete consórcios, além de outras sete ações não integrantes da Rede. Estes modelos de organização permitem o compartilhamento de boas práticas e saberes entre poder público e parceiros, bem como promovem uma reflexão sobre a gestão municipal da educação.

“O encontro foi muito produtivo, com participações importantes de secretários, representantes de organizações e uma prefeita. Foi uma oportunidade para compartilhar e discutir melhor as possibilidades de governanças de diferentes iniciativas de consórcios que já possuem câmaras técnicas e de arranjos na sua formação regional”, destacou a coordenadora de Implementação do Itaú Social, Sonia Dias. Além dela, esteve presente a gerente de Programas da Fundação, Tatiana Djrdjrjan.

 

Realizado pelo Itaú Social e Instituto Positivo, evento reuniu mais de 200 pessoas. Foto: Murilo Pereira

 

A programação contou com palestra magna ministrada pelo ex-governador do Acre e ex-secretário do Ministério da Educação, Binho Marques, que falou sobre o Regime de colaboração como instrumento para aumento da equidade educacional. Já no dia 27, o evento foi dedicado aos membros das iniciativas, que participaram de oficinas temáticas.

Para a diretora do Instituto Positivo, Elziane Gorniak, os participantes que não conheciam as formas de atuação do Regime de Colaboração puderam perceber o potencial desse trabalho para o futuro da educação. “Os representantes das 22 iniciativas presentes, de 9 estados do país, com certeza voltaram para casa com uma bagagem recheada de conhecimentos proporcionados pelas duas oficinas que participaram, e terão muito a compartilhar e contribuir em seus territórios.”

 

Melhoria da Educação

Por meio do programa Melhoria da Educação, o Itaú Social apoia os municípios, consórcios e arranjos, contribuindo para garantir acesso, permanência e aprendizado com equidade. Em conjunto com organizações parceiras, são desenvolvidas tecnologias específicas para as demandas comuns de municípios e territórios brasileiros, buscando o trabalho em conjunto para mitigar os gargalos da educação.