Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

7ª Olimpíada de Língua Portuguesa recebe mais de 112 mil inscrições de todo país

Professores e alunos de 27.847 escolas públicas de 3877 municípios, de todos os estados, participarão da edição deste ano


A 7ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa recebeu a adesão de 69,61% dos municípios brasileiros – um total de 3.877 cidades, de todos os estados. Foram 112.514 inscrições nas cinco categorias de gênero textual (Poema, Memórias Literárias, Crônica, Documentário e Artigo de Opinião), destas 52% foram concentradas na região Nordeste do país, seguida por Sudeste com 18%, Norte 14%, Centro-oeste 9% e Sul com 6% dos inscritos.

Nesta edição, a Olimpíada contará com a participação de 59.012 professoras e professores, além de 27.847 escolas. Os números finais são fruto de uma intensa mobilização de docentes, secretarias da educação, estudantes, além do apoio do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação) e da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação).

Em 2021, o concurso legitima como protagonistas o docente e a produção coletiva dos estudantes, que vão construir o Relato de prática e registrar os processos de ensino-aprendizagem vivenciados durante as oficinas. No Relato de prática, os docentes reconstituem, por meio de documentação, registro e reflexão sobre a prática, o percurso de ensino e aprendizagem da turma, reforçando a valorização da interação de crianças e jovens com seu território, tendo como tema “O lugar onde vivo”. 

O Relato de prática deverá ser enviado à Comissão Julgadora Escolar até o dia 5/08, acompanhado de um conjunto de materiais que exemplificam a relação professor-aluno, como fotografias, vídeos, áudios, produções textuais desenvolvidas e os resultados obtidos. Juntos, estes conteúdos vão contar a história da trajetória de trabalho. Confira as orientações aqui.

Após isso, a comissão formada pela comunidade escolar, tem até o dia 16/08 para  enviar os relatos de prática que irão representá-los para a Secretaria de Educação do município, que por sua vez irá realizar a Comissão Julgadora Municipal e realizar o mesmo processo ao enviá-los para as Secretarias estaduais de educação. O cronograma completo está disponível no site do concurso.

Para desenvolver as oficinas, professoras e professores têm à disposição os cadernos docentes, que apoiam o desenvolvimento do trabalho com os alunos em consonância com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Nesta edição, todos os materiais foram revistos e atualizados, e estão disponíveis nas versões virtual e PDF. O portal Escrevendo o Futuro, plataforma de apoio ao programa, também disponibiliza materiais e formações sobre o ensino da Língua Portuguesa, além de jogos para estimular a escrita e argumentação.

Seleção e premiação

Das etapas municipal e estadual serão selecionados os 210 professores e turmas que seguirão para a semifinal. Nesta fase, ocorrerão cinco encontros, realizados em ambientes  virtuais de aprendizagem, um para cada categoria, para a seleção dos 80 professores finalistas. Em dezembro, serão anunciados os 20 vencedores nacionais.

As comissões julgadoras são compostas por pais, membros da comunidade, especialistas acadêmicos, representantes das instituições parceiras, do Ministério da Educação e do Itaú Social.

Entre as premiações estão notebooks para os professores e tablets para os estudantes. As escolas dos vencedores também receberão acervos de livros para a biblioteca.

A Olimpíada de Língua Portuguesa é uma iniciativa do Itaú Social em parceria com o MEC (Ministério da Educação), Fundação Roberto Marinho, Canal Futura, Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação) e Consed (Conselho Nacional de Secretários da Educação), sob a coordenação técnica do Cenpec Educação  (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária).