Ir para o conteúdo Ir para o menu
Polo de desenvolvimento educacional

Sistema de Avaliação da Educação Básica será reformulado em 2019

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) irá reformular o sistema de avaliação de toda a educação básica. A partir de 2019, todos os exames passam a ser etapas do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb). Com isso, deixam de existir as atuais siglas como Prova Brasil e Avaliação Nacional da Alfabetização (ANA).

O Saeb terá seis etapas: creche, pré-escola, 2º ano do ensino fundamental, 5º ano do ensino fundamental, 9º ano do ensino fundamental e 3º ano do ensino médio. Todas serão bianuais, realizadas em anos ímpares e com resultados divulgados nos anos pares.

Educação Infantil
A grande novidade é o início da avaliação da educação infantil, com método diferente das demais etapas. As crianças de creches e pré-escolas não farão nenhuma prova. Serão aplicados questionários a professores, dirigentes e equipe escolar com perguntas sobre infraestrutura e formação docente. A partir de 2021, a intenção é que os pais e responsáveis também participem.

Ensino Fundamental
Até agora, a ANA era aplicada no 3º ano do ensino fundamental. Com as mudanças, os estudantes serão avaliados no 2º ano, geralmente com 7 anos, sobre a aprendizagem de língua portuguesa e matemática. Dessa forma, a avaliação se adequa à Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que estabelece os conteúdos mínimos que deverão ser ensinados em todos os ciclos.

As avaliações do 5º e do 9º anos (até então Prova Brasil) avaliarão habilidades dos estudantes em língua portuguesa e matemática. A prova do 9º ano, entretanto, terá como novidade a avaliação também de ciências da natureza e ciências humanas.

Ensino Médio
Os estudantes do 3º ano do ensino médio, por enquanto, continuam a ser avaliados em língua portuguesa e matemática. Com a aprovação da BNCC para este ciclo, atualmente em discussão no Conselho Nacional de Educação (CNE), devem ser avaliados ainda em ciências humanas e da natureza.

Para as escolas particulares, as avaliações serão facultativas.