Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Seminário internacional discute o potencial da avaliação na busca por transformações sociais com equidade

Décima quinta edição do evento terá a participação da americana Jara Dean-Coffey, especialista reconhecida por incubar experiências sobre o conceito de avaliação equitativa


O potencial das práticas avaliativas para a redução das iniquidades brasileiras é o ponto central do 15º Seminário Internacional de Avaliação, que ocorre nos dias 16 e 17 de setembro, com transmissão ao vivo, por meio de plataforma digital. Os debates serão voltados para a relação entre equidade e avaliação na redução de desigualdades históricas, especialmente em questões econômicas, educacionais, de gênero e de raça.

O evento é direcionado a profissionais de projetos sociais e órgãos governamentais, especialistas e estudantes que atuam nos campos da educação integral, avaliação e pesquisa social, visando o aumento da capacidade de atuação de gestores e avaliadores na incorporação dos conceitos de equidade em suas atividades.

Inscreva-se no seminário, que contará com interpretação em LIBRAS e canais de áudio em inglês e português.

O seminário terá a participação da especialista americana Jara Dean-Coffey, fundadora do Grupo Luminare e diretora da Equitable Evaluation Initiative, que há 25 anos atua para aumentar a compreensão coletiva sobre a relação entre valores, contexto, estratégia e avaliação, assim como a mudança de práticas para que estejam a serviço da equidade.

Considerando sua ampla experiência na temática, Jara irá apresentar as possíveis similaridades, diferenças e caminhos para aproximar os campos de equidade e avaliação, considerandoos cenários dos Estados Unidos e do Brasil.

Na mesa “O papel da avaliação para garantir transformações sociais com equidade”, que será mediada pela gerente de Pesquisa e Desenvolvimento do Itaú Social, Patricia Mota Guedes, Jara irá abordar os princípios da Avaliação Equitativa, ressaltando a importância de considerar a equidade em todo o processo avaliativo e adquirir uma visão cada vez mais crítica da realidade.

Reconhecendo os desafios para a garantia de uma educação pública de qualidade, o diálogo com o tema “Como avaliações podem reduzir ou acirrar desigualdade e exclusão na educação” abordará a relação entre avaliação, equidade e educação no contexto brasileiro, para a interpretação da prática avaliativa de forma cada vez mais contextualizada. A mesa terá a participação do professor emérito da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e ex-presidente do INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Chico Soares, e será mediada pela gerente de Pesquisa e Avaliação da Fundação Roberto Marinho, Rosalina Soares.

No segundo dia, o painel “Equidade e avaliação no terceiro setor brasileiro e americano” tem o propósito de trazer as experiências e os desafios que envolvem essa temática nas práticas de organizações sociais no setor brasileiro e norte-americano. Além de Jara Dean-Coffey, participam da conversa a gerente do Programa Direitos e Trabalho da Laudes Foundation, Mariana Xavier, a coordenadora do Núcleo de Estudos em Igualdade Racial da Move Social, Walquíria Tibúrcio, e a diretora executiva do Fundo ELAS, Kaká Verdade.

A partir da troca de experiências da mesa anterior, questões como a qualidade e o uso de avaliações que considerem quesitos como raça, gênero e desigualdade social, assim como aspectos considerados importantes para os avaliadores brasileiros, serão abordados no debate “Diálogo sobre possíveis semelhanças, diferenças e caminhos para as realidades no Brasil e nos EUA”. Além das participantes do painel anterior, compõe também esta sessão, como mediadora, a coordenadora executiva do GIFE, Camila Cirillo.

O Seminário

A avaliação é uma etapa essencial na gestão de políticas públicas e projetos sociais, potencializando melhorias no processo de planejamento e implementação de tais ações. Diante disso, a cada dois anos, o Itaú Social, em parceria com as Fundações Roberto Marinho e Maria Cecília Souto Vidigal, GIFE (Grupo de Institutos, Fundações e Empresas) e Laudes Foundation, promove o Seminário Internacional de Avaliação, quando reúne especialistas, academia e entidades da sociedade civil, com o objetivo de promover discussões sobre a temática.

Programação

1º Dia – 16 de setembro

16h – Abertura
Angela Dannemann – Itaú Social

16h05 – A importância da avaliação para a promoção da equidade no Brasil
Neca Setubal – Presidente do Conselho de Administração do GIFE

16h15 – O papel da avaliação para garantir transformações sociais com equidade

Jara Dean-Coffey – Equitable Evaluation Initiative (EEI)

Mediadora: Patricia Mota Guedes – Itaú Social

17h15 – Como avaliações podem reduzir ou acirrar desigualdade e exclusão na educação

Chico Soares – Professor emérito da UFMG

Mediadora: Rosalina Soares – Fundação Roberto Marinho

2º Dia – 17 de setembro

16h – Abertura

16h10 – Equidade e avaliação no terceiro setor brasileiro e americano

Jara Dean-Coffey – Equitable Evaluation Initiative (EEI)

Kaká Verdade – Fundo ELAS

Mariana Xavier – Laudes Foundation

Walquíria Tibúrcio – Move Social

16h50 – Diálogo sobre possíveis similaridades, diferenças e caminhos para as realidades brasileira e americana

Jara Dean-Coffey – Equitable Evaluation Initiative (EEI)

Kaká Verdade – Fundo ELAS

Mariana Xavier – Laudes Foundation

Walquíria Tibúrcio – Move Social Mediadora: Camila Cirillo – GIFE