Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional

Projeto do Rio Grande do Sul vence a 15º edição do Prêmio Escola Voluntária

Aconteceu nesta quarta-feira, 23 de novembro, no Itaú Cultural, em São Paulo, a cerimônia de premiação da 15ª edição do Prêmio Escola Voluntária, uma iniciativa em parceria entre a Fundação Itaú Social e a Rádio Bandeirantes. O grande vencedor foi o projeto “Reinaldo Voluntário”, realizado pelos alunos da Escola Estadual Reinaldo Cherubini, de Nova Prata (RS).

O Prêmio Escola Voluntária é voltado a escolas, públicas e privadas, que desenvolvem projetos de voluntariado envolvendo seus alunos do 9º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Esta edição recebeu mais de 500 inscrições de escolas da Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e do Distrito Federal.

Conheça os projetos vencedores:

1º lugar
Escola Estadual Reinaldo Cherubini (Nova Prata/RS)
Projeto: Reinaldo Voluntário
O projeto realiza ações voltadas para o incentivo à leitura não apenas no âmbito escolar, mas abrangendo a comunidade. Contempla também atividades de informática e uso do celular por pessoas idosas. Com a criação de uma rádio escolar, as situações do dia a dia são noticiadas.

2º lugar
Escola de Ensino Médio Ronaldo Caminha Barbosa (Cascavel/CE)
Projeto: Entrelinhas – Uma Plataforma Socioeducacional
O projeto atua com crianças e jovens usando a leitura como ferramenta de transformação social. Clubes de leitura, contação de histórias, cirandas literárias e intervenções artísticas na escola e comunidade são algumas das ações desenvolvidas.

3º lugar
Escola de Ensino Fundamental e Médio Ananias do Amaral Vieira (Mombaça/CE)
Projeto: Vovô Feliz
O projeto visa a integração entre os adolescentes – estudantes da escola – com os idosos da comunidade, dentre eles os próprios avós dos alunos. Durante o projeto são desenvolvidas diversas atividades que buscam esse contato direto entre as gerações, culminando num grande evento festivo.

Prêmio Educador Destaque
Glauciane Opata de Camargo, professora do Colégio Estadual Alcides Munhoz, de Imbituva (PR), pelo projeto Doe Vida! Doe Medula.

Menção Honrosa
Colégio Cruzeiro – Unidade Centro (Rio de Janeiro/RJ)
Projeto: Um Centro + Cultural – Curta a Praça!
O principal objetivo do projeto é estabelecer um vínculo entre o colégio, sua comunidade escolar e a população do bairro. O grupo criou uma organização social com estudantes, professores e responsáveis com o objetivo de revitalizar a Praça da Cruz Vermelha, através de atividades culturais.