Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional

Prêmio Escola Voluntária anuncia finalistas de sua 11º edição

As escolas finalistas da 11º edição do Prêmio Escola Voluntária foram divulgadas na manhã de hoje durante o Jornal Gente da Rádio Bandeirantes (AM 840 e FM 90,9). O anúncio, que pode ser ouvido no site da emissora, foi feito pelo apresentador da atração, José Paulo de Andrade, pelo jornalista André Russo e por Marcelo Tas, apresentador da Band. Na última segunda-feira, a comissão organizadora selecionou as finalistas dentre as 474 inscrições recebidas de escolas da Bahia, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Distrito Federal.

Durante os meses de agosto e setembro, grupos de estudantes das instituições de ensino finalistas receberão orientação de uma equipe da Rádio Bandeirantes sobre como elaborar uma reportagem de rádio que trate do projeto social que desenvolvem. A partir do dia 31 de outubro, as reportagens serão veiculadas na programação da emissora e os projetos vencedores serão conhecidos no evento de premiação que será realizado em novembro. As escolas ganhadoras receberão prêmios em dinheiro que ajudarão a suprir necessidades específicas de cada projeto; e um professor, escolhido entre as escolas finalistas, também será premiado.

Uma iniciativa da Rádio Bandeirantes e da Fundação Itaú Social, o Prêmio Escola Voluntária incentiva e reconhece instituições de ensino responsáveis por projetos sociais que promovam o trabalho voluntário entre os seus alunos. Desde 2001, mais de 4 mil escolas já mostraram que seus alunos, por meio de ações voluntárias, são capazes de somar esforços e gerar mudanças positivas nas comunidades. Em sua campanha deste ano, o Prêmio destaca que a fórmula para um mundo melhor é simples: multiplicar as boas ações na comunidade, diminuir as diferenças sociais e somar benefícios para a sociedade.

Conheça os projetos finalistas do 11º Prêmio Escola Voluntária

Bahia

Colégio Estadual Rômulo Galvão

Cidade: Coração de Maria

Projeto: Cidadania Ambiental: escola X comunidade

O objetivo central do projeto é conscientizar seus educandos a ações relacionadas ao meio ambiente, fazendo com que os saberes aplicados na sala de aula extrapolem os muros da escola, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida da população por meio de palestras, debates, folders, saúde in loco, coleta seletiva, entre outros.

Distrito Federal

Centro de Ensino Fundamental 619 Samambaia

Cidade: Samambaia

Projeto: Rádio Escola CEF 619 Radionistas

O projeto propõe uma radioescola que atue como um instrumento pedagógico de mobilização social, auxiliando na transformação da realidade escolar. Um dos intuitos é oferecer uma programação radiofônica voltada para os interesses da comunidade local.

Minas Gerais

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais

Cidade: Barbacena

Projeto: Desloucar

O projeto tem como tema principal a inclusão social, permitindo a reintegração social de pacientes de hospitais psiquiátricos e residências terapêuticas, oferecendo atividades que estimulam o processo de autonomia e independência.

Escola Municipal Professor Daniel Alvarenga

Cidade: Belo Horizonte

Projeto: TV PDA – aqui a nossa escola se vê

O foco principal do projeto é a integração dos alunos, proporcionando maior participação nas atividades escolares, melhoria da aprendizagem e aprofundamento das relações entre educação e sociedade. A partir das discussões dos participantes são definidas as pautas de cada vídeo, partindo dos problemas do cotidiano e do interesse geral da comunidade.

Paraná

Colégio Estadual Santa Helena – Ensino Fundamental e Médio

Cidade: Santa Helena

Projeto: Projeto Terra Limpa

Envolvendo todos os alunos e a comunidade escolar, o projeto busca a conscientização sobre o mal causado pelo uso indiscriminado do solo e dos recursos hídricos. Por ser uma região essencialmente agrícola, os alunos identificaram a necessidade do trabalho de conscientização, preservação e recuperação do solo uma vez que os proprietários rurais acabavam utilizando o solo de maneira inadequada, prejudicando a qualidade de vida de todos.

Rio de Janeiro

Colégio Cruzeiro Centro

Cidade: Rio de Janeiro

Projeto: A formação cidadã na escola

Desenvolvendo e aplicando projetos sociais em instituições parceiras como hospitais, creches e ONGs, os estudantes tem a oportunidade de serem protagonistas no desenvolvimento e melhoria social e ambiental, construindo uma relação com o saber escolar e ampliando sua formação humanística.

Rio Grande do Sul

Escola Municipal de Ensino Fundamental Etelvino de Araújo Cruz

Cidade: Montenegro

Projeto: Grupo de Danças Estrela Gaudéria

O foco central do projeto é a aprendizagem da cultura gaúcha por meio da dança. A partir do conhecimento da dança gaúcha, os adolescentes tiveram a necessidade de pesquisar sobre a teoria para ensinar a outros alunos, uma vez que a dança exige sincronia, sintonia, disciplina, harmonia e troca de experiências, qualidades tão importantes para o desenvolvimento humano.

Santa Catarina

Escola de Ensino Fundamental Osní Medeiros Régis

Cidade: São José do Cedro

Projeto: Onda Nativa

O projeto busca fomentar ações socioeducativas de recomposição da diversidade da flora nativa na região de Mariflor. Por meio da mobilização da comunidade escolar e do voluntariado, são realizadas ações de revitalização da mata nativa.

São Paulo

Colégio Dante Alighieri

Cidade: São Paulo

Projeto: AcorDante – Acorde Dante em foco

O objetivo do projeto é compartilhar a infraestrutura da escola com jovens atendidos por uma ONG. São oferecidas oficinas de arte, inglês, língua portuguesa, alfabetização, reforço escolar, inclusão digital e de jornalismo comunitário.

Colégio Técnico Industrial de Guaratinguetá – Unesp Prof. Carlos Augusto Patrício Amorim

Cidade: Guaratinguetá

Projeto: Aprender e ensinar: um exercício de Cidadania

O projeto procura aliar aprendizagem e prática, partindo do princípio que, quando se ensina, também se aprende. A troca de conhecimentos e de experiências de vida fortalecem o valor da cidadania. Além do reforço escolar, o projeto também estimula o aluno a seguir em uma carreira profissional técnica, fazendo com que ele tenha contato com laboratórios, salas e oficinas mecânicas do colégio técnico.