Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Pesquisa traz análise sobre mobilização social pela educação

Publicação “Mobilização social pela educação: uma análise da literatura”, do Itaú Social, apresenta estudos que podem apoiar o desenvolvimento de processos


A pesquisa Mobilização social pela educação: uma análise da literatura”, de autoria de Nisia Werneck e publicado pelo Itaú Social, faz uma revisão dos estudos que podem apoiar o desenvolvimento de processos de mobilização. A publicação tem a colaboração de Juliana Travassos, Leticia Miraglia e Tatianna Silva.

A pesquisa considera a importância da mobilização social e de estratégias participativas em diversas situações: no desenvolvimento de comunidades, na recuperação de desastres ou na resolução de conflitos. “Nosso objetivo é o de identificar experiências significativas que inspirem iniciativas de mobilização social e engajamento, especialmente na educação, buscando o protagonismo e participação de professores, famílias e alunos. Ao mesmo tempo, lacunas detectadas nos estudos podem abrir caminhos para novos trabalhos e o desenvolvimento desse campo do conhecimento”, diz a coordenadora de Formação do Itaú Social, Claudia Sintoni. 

O estudo pretende identificar persistências, evidências e achados que apoiem convocações específicas na área de educação e ampliem suas possibilidades de sucesso. A publicação está dividida em quatro partes:

  1. Estudos sobre o tema: foram explorados os conceitos e principais abordagens nos campos da sociologia, das ciências políticas, da psicologia, da administração e da comunicação;
  2. Lições aprendidas na análise da literatura;
  3. Mobilização para a educação: foi analisado um conjunto de experiências já realizadas neste campo;
  4. O uso de meio digitais: o tema mobilização social para a educação é mais destrinchado, considerando os desafios e as oportunidades dos novos meios de comunicação e interação.