Ir para o conteúdo Ir para o menu
Polo de desenvolvimento educacional

Olimpíada premia 20 professores e alunos de todo o país

Nesta segunda-feira (29) foram anunciados os 20 alunos e professores vencedoresda edição 2010 da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, no Museu Nacional de Brasília. O Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, marcou presença na cerimônia de premiação ao lado do ministro da Educação, Fernando Haddad, do presidente do Banco Itaú, Roberto Setubal, e da diretora-presidente do Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária), Maria Alice Setubal.

Além dos professores e alunos finalistas, estiveram presentes na solenidade os diretores das escolas e familiares dos alunos. Entre os estados representados na etapa final, Minas Gerais teve o maior número de vencedores, sendo quatro no total. Na sequência, aparecem os estados do Acre, São Paulo e Bahia com dois vencedores cada. Os demais estados (RN, GO, PR, CE, ES, SE, PB e AL) tiveram um vencedor cada. Os vencedores receberam medalha e receberão, também, um microcomputador e uma impressora. Suas escolas receberão dez microcomputadores, uma impressora e livros para ampliação do acervo da biblioteca escolar.

O presidente do Itaú, Roberto Setubal, reforçou o compromisso da instituição com o desenvolvimento social e com a qualidade do ensino público. “Acredito que investir em educação deve ser a prioridade no Brasil para fortalecer a democracia. Estes alunos e professores nos mostram que estamos no caminho certo para a construção de um país melhor”.

Durante a cerimônia, o ministro Haddad informou que encaminhou uma minuta à Casa Civil com o objetivo de transformar a Olimpíada em política de Estado, para garantir a perenidade da iniciativa. “Políticas como essa não podem se restringir a um único governo”, ressaltou. A diretora-presidente do Cenpec, Maria Alice Setubal, complementou a fala do ministro ao afirmar que a proposta da Olimpíada mostra que é possível se pensar em novos arranjos para as políticas públicas nacionais. “Nós temos a convicção de que com bons materiais, professores bem preparados e metodologias adequadas ao mundo contemporâneo, podemos alcançar a excelência na educação pública”.

Ao final da cerimônia, o presidente Lula dirigiu-se os estudantes e reforçou a importância dos estudos. “Vocês jovens não têm que dar espaço para o desânimo. Vocês estão apenas começando e têm que investir o máximo nos estudos porque isso vai fazer a diferença daqui a dez, doze anos. O Brasil não pode se limitar a ser um exportador de produtos primários, queremos exportar o conhecimento que será produzido por vocês”.

Neste ano, o programa atingiu 99% dos municípios brasileiros e mobilizou mais de sete milhões de alunos. Foram mais de 239.435 inscrições de professores de 60.123 escolas nos quatro gêneros textuais – poema, memórias literárias, crônica e artigo de opinião. Em 2011, professores finalistas, técnicos de secretarias de educação e gestores escolares participam de encontros presenciais e atuam como multiplicadores da metodologia da Olimpíada em suas comunidades.

Confira aqui os textos vencedores da edição 2010 da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro.