Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

AGÊNCIA DE

Notícias

Institucional

Nova tecnologia educacional visa contribuir com a formação continuada de docentes em Língua Portuguesa

Lançada pelo programa Melhoria da Educação, do Itaú Social, iniciativa oferece percursos formativos em língua portuguesa e estratégias pedagógicas


O Itaú Social, por meio do programa Melhoria da Educação, lança a tecnologia educacional Formação docente em Língua Portuguesa. A proposta busca envolver a comunidade escolar no planejamento de estratégias pedagógicas, além apoiar o desenvolvimento de uma formação continuada para docentes e estudantes da rede municipal em Língua Portuguesa

A nova tecnologia busca ampliar a formação continuada no componente curricular em Língua Portuguesa a partir de uma proposta pedagógica colaborativa. Por conta desta característica de participação popular, a iniciativa leva em conta os desafios da rede nos territórios, permitindo com que o conteúdo das formações esteja conectado com a vivência e a realidade dos estudantes do município.

Saiba o que é uma tecnologia educacional

O percurso da tecnologia educacional é destinado aos dirigentes e equipe técnica da secretaria de Educação. Com a implementação da iniciativa, os resultados esperados são:

Curto prazo: ativar a participação da equipe técnica e comunidade escolar nas decisões e responsabilidades para êxito nas aprendizagens dos e das estudantes na escola.  

Médio prazo: assegurar o avanço das aprendizagens por meio de práticas pedagógicas aperfeiçoadas e dos resultados da educação. 

Longo prazo: alcançar melhores índices no desempenho em Língua Portuguesa e contribuir com a redução dos índices de reprovação e abandono escolar. 

Melhoria da Educação
Desenvolvido há mais de 20 anos pelo Itaú Social, o programa tem por objetivo contribuir com o fortalecimento das secretarias municipais de educação para garantir acesso, permanência e aprendizado com equidade para crianças e adolescentes. 

As tecnologias educacionais são divididas nas categorias “Planejamento e Gestão Administrativa”, “Gestão Pedagógica” e “Comunicação, Participação, Ações Colaborativas e Controle Social”. Todas elas estão disponíveis na plataforma Melhoria da Educação, que também oferece o Autodiagnóstico da Rede de Ensino, instrumento disponível para que os gestores avaliem diferentes aspectos da gestão de uma secretaria de educação.