Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional

Itaú Social promove mesa e walking tour na Flip 2019

Escritores debatem a potência de narrativas subversivas e o direito à leitura e escrita, e visitantes têm a oportunidade de conhecer de perto o trabalho das bibliotecas comunitárias

 

No dia 11 de julho, o Itaú Social estará presente na Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) com a mesa “Escrevivências e Andanças: Prazer em Ler, Direito de Escrever”. O tema será debatido pela escritora mineira Conceição Evaristo, o escritor Jessé Andarilho e a representante da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias (RNBC), Claudileude Silva, com mediação da superintendente Angela Dannemann.

Conceição Evaristo no lançamento da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa (Itaú Social/Livia Wu)

A mesa ocorrerá na Casa da Cultura de Paraty, das 14h15 às 16h00, e contará com uma intervenção literária do grupo de jovens Encrespados. A discussão destacará a potência de narrativas que possibilitam a quebra de estruturas sociais e estimulam as pessoas a se aproximarem da leitura e da escrita como direito humano fundamental.

Autora de Olhos D’Água, Ponciá Vivêncio e Becos da Memória, entre outras obras, Conceição Evaristo é homenageada na 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa. A escritora conquistou o Prêmio Jabuti de Literatura em 2015.

“Trabalhar com a literatura e com a possibilidade de escrita é despertar a consciência que a literatura e o texto escrito têm de ser um direito de todos. Assim como nós temos direito à alimentação, ao trabalho”, destaca a autora.

Jessé Andarilho lançou o romance Fiel em 2014, que aborda a vida de um jovem carioca e sua relação com o tráfico de drogas. Em 2017, o escritor cria a obra Efetivo Variável, uma narrativa com conflitos e reviravoltas na vida de um garoto cheio de aspirações e que acaba ingressando no Exército.

A maranhense Claudileude Silva é representante da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias (RNBC), e participou da escrita da primeira publicação da RNBC – o livro Expedição Leituras: Tesouros das Bibliotecas Comunitárias no Brasil.

Além da mesa, a Rede de Bibliotecas Comunitárias de Paraty realiza no dia 11 de julho, às 9h e às 15h, o walking tour saindo do Pé de Livro da Rede Mar de Leitores, na Praça da Matriz, e indo até a Biblioteca Comunitária do ITAE (Instituto Trilha da Arte e Educação), no Bairro Parque da Mangueira. O foco da ação é apresentar o trabalho das bibliotecas comunitárias aos visitantes da Flip 2019. A Rede local faz parte, por meio da RNBC, do programa Prazer em Ler do Itaú Social.

Saiba mais informações sobre a Flip 2019 no site do evento.

 

Informações – Mesa

Mesa “Escrevivências e Andanças: Prazer em Ler, Direito de Escrever”
Dia 11 de julho, das 14h15 às 16h00
Local: Casa da Cultura de Paraty – Rua Dona Geralda, 194 – Centro Histórico – Paraty (RJ)

 

Informações – walking tour

Ponto de encontro: Praça da Matriz – Centro Histórico – Paraty (RJ)
Dia 11 de julho, às 9h00 e às 15h00