Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Edital de Jornalismo de Educação seleciona oito pautas

Itaú Social e Jeduca incentivam, por meio de edital, a produção jornalística sobre temas relevantes para a educação básica


O 2º Edital de Jornalismo de Educação divulgou os projetos selecionados na categoria Jornalista. A iniciativa é uma parceria do Itaú Social com a Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação) e incentiva a produção jornalística de qualidade sobre temas relevantes para a educação básica.

As pautas foram selecionadas entre 50 propostas encaminhadas por jornalistas de 14 estados.

Entre os temas dos projetos estão: estratégias para enfrentamento dos efeitos da pandemia de Covid-19 na educação; impacto dos cortes no orçamento de instituições federais de ensino superior do Nordeste; uso de tecnologias de comunicação geoespaciais na educação; educação inclusiva; abandono escolar de meninas; o novo ensino médio; as relações entre evasão e o trabalho infantil; proteção de dados de estudantes e professores.

A diversidade das propostas foi destacada pelo presidente da Jeduca, Fábio Takahashi. “O edital busca dar condições para que jornalistas de diferentes perfis e regiões possam trabalhar em reportagens aprofundadas sobre educação. Olhando os vencedores, entendo que conseguimos cumprir o objetivo”, comenta.

Para o coordenador de Comunicação Social do Itaú Social, Alan Correia, a diversidade geográfica e de tipos, portes e linhas editoriais dos veículos, como se vê nas pautas selecionadas, faz parte do compromisso do edital. “Se queremos promover a cobertura jornalística de educação de qualidade e suscitar bons debates em torno da educação pública no país, é essencial fomentar trabalhos diversificados”, analisa.

A seleção ficou a cargo da Comissão Julgadora e Editorial, coordenada pela jornalista Denise Chiarato e composta por Marta Avancini, Ricardo Falzetta e Rodrigo Ratier.

Conheça as oito pautas vencedoras:

  • Andrea Barretto Lemos (Salvador/BA)
    Matéria sobre como 20 municípios da região da Chapada Diamantina (BA) que se organizaram para enfrentar em conjunto os efeitos da pandemia de Covid-19.
  • Antônio Heleno Caldas Laranjeira (Brejo Grande/SE)
    Reportagem sobre experiências em escolas públicas urbanas e rurais, relacionadas à inclusão e uso das tecnologias de comunicação geoespacial para o acesso à educação pública de qualidade.
  • Bruno Vinicius Luiz da Silva e Amanda Rheingantz Padilha Rainheri (Recife, PE)
    Investigação sobre o impacto da redução no orçamento do MEC (Ministério da Educação) em universidades e institutos federais do Nordeste.
  • Cristiana Jordão Nery e Luiza Ferreira Ribeiro (Salvador/BA)
    Série de reportagens que tem como finalidade abordar a educação inclusiva das pessoas com deficiência, enfocando os desafios enfrentados.
  • Gabriela Portilho Matheus (São Paulo/SP)
    Investigação sobre as razões que levam meninas a abandonar os estudos no contexto da pandemia de Covid-19.
  • Gustavo Schmid Queiroz (Curitiba/PR)
    Reportagem sobre o novo ensino médio, a partir do resgate do movimento de ocupação de escolas por estudantes secundaristas no Paraná que, em 2017, se opuseram à chamada reforma do ensino médio.
  • Joana Karla de Lima Gomes Suarez e Luiza Muzzi Almeida (Recife/PE)
    Investigação sobre as relações entre o abandono escolar durante o fechamento das escolas em função da pandemia de Covid-19 e o trabalho infantil. 
  • Thays Mariana de Oliveira Lavor (Fortaleza/CE)
    Reportagem sobre contratações entre redes de ensino e plataformas digitais privadas à luz da Lei Geral de Proteção de Dados, em vigor desde setembro de 2020.

Categoria Estudante
O Edital de Jornalismo de Educação também premiará TCCs (Trabalhos de Conclusão de Curso) que desenvolvam projetos jornalísticos sobre educação. As inscrições permanecem abertas até 31 de janeiro de 2021. Serão selecionados três trabalhos, com prêmios que variam de R$ 3 mil a R$ 1 mil.