Ir para o conteúdo Ir para o menu
Polo de desenvolvimento educacional

Curso de Tutoria visa a formação de lideranças educacionais

A Fundação Itaú Social iniciou, no dia 30 de junho em São Paulo, a primeira edição do curso introdutório sobre Estratégias de tutoria para formação de lideranças educacionais. Participam 20 profissionais que atuam na área da educação como consultores, formadores e técnicos de secretarias de educação.

A abertura foi realizada pela gerente de educação da Fundação Itaú Social, Patrícia Mota Guedes, que destacou a importância do investimento na área de gestão educacional para alavancar os resultados de aprendizagem. “A educação é peça chave para o desenvolvimento de qualquer país. Por isso, realizamos programas que procuram aprimorar sistemas e processos de gestão educacional em parceria com o setor público. O objetivo é fortalecer as equipes das secretarias de educação e das escolas e alavancar resultados de aprendizagem”, afirmou. Ainda segundo Guedes, “o curso é uma forma de disseminar a metodologia como uma prática de formação de lideranças educacionais”. Atualmente, o Programa está presente nas redes estaduais de São Paulo, Goiás, Pará e Ceará.

O curso introdutório tem 60 horas de duração e foi elaborado de modo que os participantes pudessem conhecer os principais conceitos e princípios das estratégias de tutoria. “Ao longo dos encontros, os participantes terão um panorama sobre tutoria, mas eles também passarão por vivências para compreender de forma mais clara o papel do tutor, quais são as competências desse profissional, que estratégias técnicas eles podem utilizar na formação do tutorado e como construir um plano de formação em parceria e de forma transparente”, explicou a consultora da Fundação Itaú Social e uma das responsáveis pela formação Maria Carolina Nogueira Dias.

“As atividades foram muito interessantes, pois percebemos que o primeiro passo para conseguir estabelecer uma relação de parceria entre o entre tutor e tutorado é ter uma boa comunicação. O tutor precisa saber ouvir e, ao mesmo tempo, ter uma fala inspiradora que provoque no tutorado uma reflexão sobre a sua atuação, motivando-o a melhorar o seu desempenho para que os alunos possam ter bons resultados de aprendizagem”, afirmou a consultora em educação, Maria Luiza Ramos.

“Como diretores também temos o papel de contribuir para a formação dos professores, mas muitas vezes fazemos isso com base na experiência e sem subsídios teóricos. O curso de tutoria nos dará esse respaldo teórico e prático, com mais ferramentas para auxiliar os nossos professores a aprimorar o trabalho em sala de aula e alavancar os resultados de aprendizagem dos alunos”, disse a diretora da escola João Ramos, de São Paulo, Sonia Regina.

A consultora Priscila de Giovani acredita que o curso será fundamental para conhecer novas estratégias. “Embora eu já atue como formadora de gestores e professores há algum tempo, tenho certeza de que os encontros irão me ajudar a desenvolver novas competências como tutora e a trazer novas ideias que contribuam para a qualificação dos meus tutorados”, disse.

Mais sobre Tutoria

O Programa Tutoria da Fundação Itaú Social foi inspirado na Reforma Educacional de Nova York, iniciada em 2002. A análise aprofundada dessa ação deu origem a iniciativas que adaptaram estratégias empregadas pelo governo norte-americano para a realidade brasileira. São frutos desse processo os guias de Tutoria de Área e Tutoria Pedagógica que apresentam e ajudam a disseminar a metodologia para redes de ensino no Brasil.  A Fundação Itaú Social também disponibiliza, em seu canal do Youtube, vídeos sobre a metodologia da Tutoria e com depoimentos de participantes do Programa.