Ir para o conteúdo Ir para o menu
Polo de desenvolvimento educacional

Conheça os vencedores da Olimpíada de Língua Portuguesa

A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro anunciou no dia 17 de dezembro, em Brasília, os 20 vencedores nacionais da 4ª edição do programa. Conheça os vencedores aqui. A iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e da Fundação Itaú Social, com a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), busca aprimorar a prática dos professores em sala de aula para o ensino de leitura e escrita em escolas públicas. Nesta edição, o programa recebeu 170.266 inscrições de professores de 5.014 municípios brasileiros.

A cerimônia de premiação contou com a participação do ministro da Educação, Henrique Paim, do vice-presidente da Fundação Itaú Social, Antonio Matias, e da superintendente do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), Anna Helena Altenfelder.

Os 20 vencedores nacionais, professores e alunos, receberão medalhas de ouro, um notebook e uma impressora. As escolas nas quais lecionam/estudam os selecionados também serão contempladas com laboratórios de informática, compostos por dez microcomputadores e uma impressora, além de um projetor multimídia, um telão para projeção e livros.

Sobre a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro

Em 2002, a Fundação Itaú Social criou, com a coordenação técnica do Cenpec, o Programa Escrevendo o Futuro, que, em 2008, foi transformado em política de educação do governo federal e passou a ser nomeado Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro. O programa conta com a parceria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), do Canal Futura e do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed).

Participaram alunos de 5º, 6º, 7º, 8º e 9º anos do Ensino Fundamental e 1º, 2º e 3º anos do Ensino Médio. Os alunos de 5º e 6º anos no gênero Poema, os de 7º e 8º anos desenvolvem textos do gênero Memórias Literárias, 9º ano do ensino Fundamental e 1º ano do Ensino Médio trabalham o gênero Crônica. Os alunos do 2º e 3º anos do Ensino Médio produzem Artigos de Opinião. Ao longo do ano, foram realizadas cinco etapas de triagem: escolar, municipal, estadual, regional e, finalmente, a nacional.