Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Cerca de 450 organizações da sociedade civil participam do Programa Itaú Social UNICEF

Instituições participam de percurso formativo desde setembro, onde são realizados diagnósticos, mapeamento das necessidades e potencialidades do território e elaboração de plano de intervenção


O Programa Itaú Social UNICEF conta com a participação de 448 OSCs (Organizações da Sociedade Civil) de todo país. A iniciativa tem o propósito de incentivar as organizações que promovem a educação integral e inclusiva de crianças e adolescentes a aprimorarem suas práticas e ampliarem seu protagonismo e compromisso com seus territórios de atuação.

Atualmente, o programa realiza a etapa de formação. Cerca de 2,8 mil representantes das OSCs estão envolvidos nas atividades on-line, realizadas desde setembro. Os participantes já elaboraram o diagnóstico sobre a atuação das OSCs considerando a história delas, sua articulação e relação com o público atendido e desenvolveram a escuta junto aos parceiros no território, observando as potencialidades e demandas locais.

Até o dia 29 de janeiro, as organizações desenvolverão um plano de intervenção com propostas de mudanças e os resultados esperados para a promoção de uma educação integral e inclusiva de qualidade. O plano é fruto da reflexão colaborativa entre os profissionais das organizações, o público atendido, seus familiares, comunidade e parceiros ao longo do percurso formativo.

A partir dos planos de intervenção concluídos, serão selecionadas 40 instituições que receberão fomento técnico e financeiro de até R$ 100 mil. As vagas serão oferecidas prioritariamente às regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste.  A seleção terá como um dos critérios a vulnerabilidade socioeconômica e educacional dos municípios em que as OSCs atuam. A divulgação das instituições selecionadas ocorrerá entre fevereiro e maio de 2021, e logo após, os recursos estarão disponíveis para implementação do plano no prazo de 18 meses.  

“Ficamos muito entusiasmados com um número tão expressivo de organizações por meio do percurso formativo. Acreditamos que este é o caminho para que elas se fortaleçam, trabalhem alinhadas às suas missões e impactem ainda mais seus territórios com soluções para a melhoria da educação”, comenta a gerente de fomento do Itaú Social, Camila Feldberg.

O percurso formativo conta com atividades divididas em três eixos: desenvolvimento institucional; desenvolvimento integral de crianças e adolescentes e articulação no território. “Priorizamos de forma transversal a temática da diversidade, com o objetivo de estimular as OSCs a desenvolverem ações para o enfrentamento de desigualdades de raça/etnia, gênero, sexualidade e pessoa com deficiência”, destaca Camila.

O Programa
O Programa nasceu da parceria entre o Itaú Social e o UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), com coordenação técnica do CENPEC Educação (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária), a partir das experiências e conquistas do Prêmio Itaú-UNICEF, que por 25 anos reconheceu projetos de educação integral de crianças e adolescentes desenvolvidos por OSCs no país.