Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional

Alunos voluntários

Os projetos vencedores da oitava edição do Prêmio Escola Voluntária serão anunciados hoje durante evento no Itaú Cultural, em São Paulo, a partir das 19h. Marcelo Tas, apresentador do programa “CQC – Custe o Que Custar”, da Band, comandará a cerimônia. Participam do evento João Carlos Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, Antonio Jacinto Matias e Ana Beatriz Patrício, respectivamente vice-presidente e diretora da Fundação Itaú Social.

Desde a última quinta-feira (20/11), os 50 representantes das escolas finalistas estão reunidos no Clube de Campo Itaú, próximo à Represa Guarapiranga, participando de oficinas de voluntariado e visitando pontos turísticos de São Paulo, como os museus da Língua Portuguesa e do Futebol. A instituição que ganhar o primeiro lugar receberá dois computadores e uma viagem a Salvador para conhecer projetos sociais de referência nacional. Já as classificadas em segundo e terceiro lugar ganharão um computador cada.

Durante o mês de agosto, os alunos finalistas receberam em sua cidade uma equipe da Rádio Bandeirantes, que transmitiu conceitos de radiojornalismo e orientações práticas sobre como elaborar uma reportagem de rádio. No início de novembro, as matérias foram veiculadas na programação da Rádio. As produções podem ser ouvidas no site www.radiobandeirantes.com.br/escolavoluntaria.

O Prêmio Escola Voluntária, organizado pela Rádio Bandeirantes com o apoio da Fundação Itaú Social, tornou-se referência e tem por objetivo divulgar e premiar instituições de ensino responsáveis por projetos sociais que incentivem o trabalho voluntário entre seus alunos. Desde sua criação em 2001, Ano Internacional do Voluntário, 2.540 escolas inscreveram seus projetos.

Conheça os projetos finalistas:

Distrito Federal

Escola Fundamental Alvacir Vite Rossi (Brasília)

“A construção do pensamento ecológico para o despertar da cidadania”

Minas Gerais

Escola Estadual Coronel Francisco Gomes Campo (Muriaé)

“Qualidade de vida sim. Horta, pomar e bosque comunitários”

Paraná

Colégio SESI (Londrina)

“Isolantes térmicos para residências de famílias de baixa renda na cidade de Londrina”

Rio de Janeiro

Colégio Estadual Doutor Adino Xavier (São Gonçalo)

“Além do que os olhos veem”

Rio Grande do Sul

Instituição Evangélica de Novo Hamburgo (Novo Hamburgo)

“Um olhar para o outro”

Escola Municipal de Ensino Fundamental Santos Dumont (Canela)

“Cidadania e sustentabilidade – uma parceria que dá frutos”

Escola Ensino Fundamental Sagrada Família (Rolante)

“Voluntários da hora do conto”

São Paulo Centro de Educação Integral de Matão – COC (Matão)

“Projeto Arte e Alegria”

Escola Internacional de Alphaville (Barueri)

“Janelas para o futuro”

Colégio Dinâmico Nossa Senhora de Fátima (São Paulo)

“Projeto Ecossintonia – Dinâmico”