Ir para o conteúdo Ir para o menu
Polo de desenvolvimento educacional

Abertas as inscrições para a 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro

Cerca de 350 pessoas acompanharam, nesta quinta-feira (25 de fevereiro), o lançamento da 5ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, realizada pela Fundação Itaú Social e o Ministério da Educação (MEC), com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). O evento, que aconteceu no auditório do Itaú Cultural, em São Paulo, reuniu professores, diretores, técnicos e secretários de educação de diversas regiões do país. O evento marcou a abertura das inscrições para professores das redes públicas municipais e estaduais, que seguirá até o dia 30 de abril. Para garantir a participação dos docentes, é necessário que as secretarias de educação façam também suas adesões ao programa até a mesma data.  As inscrições devem ser feitas por meio do portal Escrevendo o Futuro.

Participaram da cerimônia o Ministro da Educação, Aloizio Mercadante; o vice-presidente da Fundação Itaú Social, Antonio Jacinto Matias; a presidente do Conselho de Administração do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), Maria Alice Setúbal; o Secretário da Educação do Estado de São Paulo, José Renato Nalini, a gerente geral do Canal Futura, Lúcia Araújo, e a secretária executiva da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Vivian Melcope.

Com a mediação dos apresentadores Murilo Ribeiro e Bárbara Pereira, da TV Escola — emissora parceira da iniciativa, ao lado do Canal Futura –, os presentes destacaram a importância da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro para a formação continuada dos professores e como fator de estímulo aos estudantes e suas respectivas comunidades, que compartilham, em diferentes medidas, de uma profunda sensação de empoderamento: os alunos, porque sentem o efetivo avanço na aprendizagem e na capacidade de compartilhar, pela escrita, seus saberes e suas experiências; e as comunidades, porque veem suas vivências, seu passado e sua realidade elevadas à condição de tema de textos algumas vezes líricos, outras vezes realistas, mas sempre impactantes.

Três professores da rede pública de Ensino, participantes de outras edições do Programa, também foram convidados a relatar sua experiência com o Programa e a importância que ela teve em sua prática em sala de aula. Flávio Alves de Castro Gomes (RJ), Ana Cláudia Fontana (Ponta Grossa, PR) e Elisete Vilela de Faria Silva (Divinópolis, MG) foram unânimes em identificar, na participação na Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, uma oportunidade rica tanto para os professores quanto para os estudantes. E salientaram: ao contrário das competições desportivas, onde subir ao pódio é o que de fato propicia a sensação de vitória, o investimento na aprendizagem professor-aluno faz com que todos se sintam “medalhistas”.

A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro tem como objetivo aprimorar a prática didática de professores de Língua Portuguesa da rede pública e contribuir para a melhoria da qualidade da escrita e do ensino. O regulamento do Programa e as informações sobre o processo de inscrição de professores e secretarias estão disponíveis no site www.escrevendoofuturo.org.br e por meio do telefone 0800 7719310.