Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

7ª Olimpíada de Língua Portuguesa recebe 18.361 Relatos de prática e materiais produzidos por professores e professoras

Concurso inicia Etapa Municipal de seleção que segue até 31 de agosto


A Olimpíada de Língua Portuguesa recebeu  18.361 Relatos de prática e materiais produzidos por professores e professoras de todo o Brasil. Agora, 11.064 escolas seguem participando do concurso, de 2.525 municípios e 27 estados. A partir de hoje (20) até o dia 31 de agosto, será realizada a Etapa Municipal, quando as Comissões Julgadoras Municipais irão avaliar e selecionar os materiais das escolas que vão representar as cidades na Etapa Estadual. 

Confira como funciona a Etapa Municipal

No dia 16 de agosto encerrou-se o prazo para os diretores de escolas inserirem os materiais, compostos por Relatos de prática, Linha do tempo e Álbum da turma, no Portal Escrevendo o Futuro. Os documentos foram produzidos pelos docentes em  atividades realizadas com os estudantes, em cada gênero do concurso (Poema, Memórias literárias, Crônica, Documentário e Artigo de opinião). 

Na Etapa Estadual, serão selecionados 42 Relatos de prática de cada gênero que avançarão para a Semifinal. A estes será disponibilizado um ambiente virtual de aprendizagem específico para cada um dos gêneros, a fim de proporcionar encontros formativos e culturais. Nesta fase, serão conhecidos os 80 professores finalistas, entre os quais serão escolhidos os 20 ganhadores. As Comissões Julgadoras podem ser compostas por pais, membros da comunidade, especialistas de universidades e representantes das Secretarias de Educação.

Olimpíada

A Olimpíada de Língua Portuguesa, que objetiva apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita, recebeu mais de 112 mil inscrições nesta 7ª edição e teve a adesão de todos os estados brasileiros, 3.877 municípios e mais de 27 mil escolas inscritas. 

O concurso integra o Programa Escrevendo o Futuro, desenvolvido pelo Itaú Social com a coordenação técnica do CENPEC Educação  (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária). Conta com a parceria do MEC (Ministério da Educação), da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação), do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação), da Fundação Roberto Marinho e do Canal Futura.