Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

Literatura, alfabetização e letramento


O termo “palavramundo” está presente no pensamento político-pedagógico de Paulo Freire e se torna um conceito pleno sobre a palavra e a leitura como um campo que contempla os aspectos do discurso, da comunicação, da expressão e da linguagem que nos constitui como pessoas ativas na sociedade, articulando conhecimentos e saberes cotidianos com a aprendizagem da leitura e escrita. Neste evento, vamos refletir sobre como a literatura pode contribuir no processo de alfabetização e letramento das crianças.

Além disso, a partir das experiências de especialistas no assunto e conversas sobre o tema, entenderemos como a leitura literária tem o poder de (trans)formação de sujeitos, ressaltando a importância de se garantir o direito das crianças ao domínio da língua, considerando não apenas o código, mas o acesso à outras narrativas textuais que ampliem o conhecimento de mundo, como nos diz Paulo Freire, inventor do termo “palavramundo”.

Participarão do evento Jorge Larrosa, professor de Filosofia da Educação da Universidade de Barcelona; Mônica Correia Baptista, professora associada da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais; Cecilia Bajour, Máster em Livros e Literatura para Crianças e Jovens pela Universidade Autônoma de Barcelona e Banco do Livro da Venezuela (FGSR); e Denise Silva, fundadora do Instituto de Pesquisa da Diversidade Intercultural.

Assista ao webinário na íntegra:


PROGRAMAÇÃO


CONVIDADOS

Jorge Larrosa é professor de Filosofia da Educação na Universidade de Barcelona. Licenciado em Educação e em Filosofia, doutor em Educação, realizou estudos de pós-doutorado no Instituto de Educação da Universidade de Londres e no Centro Michel Foucault da Sorbonne, em Paris. Seus trabalhos, de clara vocação ensaística, se situam em um terreno fronteiriço entre a filosofia, a literatura, o cinema e a educação e têm como temas principais a relação entre experiência, linguagem e subjetividade.


Cecilia Bajour é formada em Letras pela Universidade de Buenos Aires e possui Máster em Livros e Literatura para Crianças e Jovens pela Universidade Autônoma de Barcelona. Atualmente é professora titular da disciplina de Literatura Infantil e Juvenil na Faculdade de Letras da Universidade Nacional de San Martín, onde também faz parte da equipe docente de Especialização em Literatura Infantil e Juvenil.


Denise Silva é Licenciada em Pedagogia e Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul/UFMS, Mestre em Letras também pela UFMS,  Doutora e Pós-doutora  em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista/Unesp. É uma das fundadoras do Instituto de Pesquisa da Diversidade Intercultural (Ipedi – 2012) ocupando atualmente o cargo de presidente da instituição.


Mônica Correia Baptista é professora associada da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FAE/UFMG). Pesquisadora do CEALE – Centro de Alfabetização Leitura e Escrita da FAE/UFMG e do NEPEI – Núcleo de Estudos e Pesquisas em Infâncias e Educação Infantil da FAE/UFMG.

SAIBA MAIS