Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional

Escrevivência: a escrita de nós


O Livro

“Escrevivência – a escrita de nós – reflexões sobre a obra de Conceição Evaristo” é uma “teia” tecida coletivamente, que reverencia e faz um mergulho no conceito-experiência criado pela autora em sua dissertação de mestrado, em 1995.

Esta obra organizada por Constância Lima Duarte e Isabella Rosado Nunes apresenta olhares diversos sobre a Escrevivência de Conceição Evaristo.  O livro é resultado da parceria entre Itaú Social e Mina Comunicação e Arte.

O título é inspirado na fala de Vitor Eduardo Severo da Silva, estudante da Escola Municipal Morro da Cruz, em Porto Alegre – RS. Em encontro com a escritora, em 2018, ela perguntou para uma turma do Ensino Fundamental o que significava escrevivência; e Vitor, de apenas seis anos, respondeu: “É escrever de nós”.  

A publicação conta com um artigo-depoimento inédito de Conceição Evaristo e com o texto em que ela cita o conceito de escrevivência pela primeira vez, escrito em 1995. Além dos ensaios relacionados à educação, assinados pela superintendente do Itaú Social Angela Dannemann e por Dianne Melo, coordenadora de Engajamento Social e Leitura da instituição, o livro também traz artigos inéditos de Aparecida Salgueiro, Assunção Souza e Silva, Constância Lima Duarte, Denise Carrascosa, Eduardo de Assis Duarte, Fernanda Felisberto, Isabella Rosado Nunes, Islene Motta, Lívia Natalia, Ludmilla Lis, Maria Nazareth Fonseca e Rosane Borges.

A publicação apresenta, ainda, o trabalho da artista visual Goya Lopes. A partir de sua arte afro-brasileira única, Goya faz uma intervenção artística na Escrevivência de Conceição Evaristo.

O livro estará disponível por tempo limitado e o acesso pode ser realizado a partir do preenchimento do formulário de interesse:

O Seminário

O seminário A Escrevivência de Conceição Evaristo é uma iniciativa do Itaú Social em parceria com a MINA Comunicação e Arte que nasce a partir do Projeto Oficina de Autores – Memórias e Escrevivências de Conceição Evaristo, lançado em 2018 pelo Itaú Social. O seminário buscou ampliar o debate sobre o conceito de Escrevivência criado por Conceição Evaristo há 25 anos e marcou o lançamento da publicação “Escrevivência – a escrita de nós – reflexões sobre a obra de Conceição Evaristo”.

O evento reuniu especialistas, autoras e autores dos artigos que compõem a publicação para debater sobre a importância da Escrevivência para a cultura nacional nas dimensões da história, artes, educação e comunicação.