Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

Novas pedagogias para aprendizagem profunda


Sobre

Em uma parceria inédita, o Polo, ambiente virtual de aprendizagem do Itaú Social, e a comunidade global de aprendizagem New Pedagogies for Deep Learning se reúnem para promover metodologias inovadoras em escolas de Ensino Fundamental no Brasil. Esta é uma iniciativa que já acontece em diversos outros países, como Estados Unidos, Canadá, Escócia, Colômbia, Uruguai, Holanda, Finlândia, Hong Kong, Japão, Taiwan, Austrália e Nova Zelândia.

A comunidade tem como propósito promover novas pedagogias para aprendizagem profunda, favorecendo que cada estudante contribua para o bem comum, possa enfrentar desafios globais e florescer em um mundo cada vez mais complexo. Ao longo de oito anos, mais de 25 mil professores, 2500 escolas e 1 milhão de estudantes já participaram no mundo todo.

Para conectar as práticas inovadoras da metodologia à realidade das escolas brasileiras, o Polo produziu a formação Novas Pedagogias para Aprendizagem Profunda. Esta formação será oferecida a 15 escolas que terão acesso a todo o conteúdo e às ferramentas, contarão com apoio e acompanhamento especializado para experimentar as inovações propostas na prática, além de participar de uma comunidade de aprendizagem exclusiva para trocar experiências sobre o tema com escolas de todo o Brasil.

A formação

Partindo da visão formativa proposta pela Base Nacional Comum Curricular, do desenvolvimento integral e de competências gerais, a formação busca promover ampliação de repertório, inovação e compartilhamento de experiências por meio da constituição de uma rede colaborativa de aprendizagem.

Modalidade: on-line com mediação e acompanhamento
Duração: 12 meses
Início: agosto/2022
Tempo de dedicação: cerca de 2 horas por semana
Público: docentes e coordenadores(as) pedagógicos(as)

Quem pode participar

Podem se inscrever na formação no mínimo duas duplas de professores(as) do Ensino Fundamental com qualquer tempo de experiência, atuantes em escolas públicas em território brasileiro e o(a) coordenador(a) pedagógico(a) que representem uma mesma escola. Essas pessoas precisam ter disponibilidade mínima de duas horas semanais para participar das atividades da formação, além de vontade de conhecer, planejar e implementar práticas pedagógicas inovadoras em sua sala de aula.

15 escolas das diferentes
regiões do país poderão participar
da formação.

Encontro de lançamento

Para conversar sobre novas pedagogias para aprendizagem profunda e contar mais sobre a formação, foi realizado um encontro on-line no dia 25 de junho.

Confira abaixo como foi o encontro completo e a fala do convidado Max Drummy durante o evento.

Escolas selecionadas

  • CEB Maria Pereira Brandão – Cruz | CE
  • CEM Profª Neyde Tonanni Marão – Votuporanga | SP
  • EE Maria Trujilo Torloni – São Caetano do Sul | SP
  • EEF Joaquim José Monteiro – Cruz | CE
  • EETI Historiador Arindal Vinicius da Fonseca Reis – Manicoré | AM
  • EM José Jabur – Américo de Campos | SP
  • EM Mário Júlio do Rêgo – Ipojuca | PE
  • EM Profa. Dalva Ferreira Pinto – Pojuca | BA
  • EM Santos Dumont – Fortaleza | CE
  • EMEB Irmã Maria Betty de Souza Pires – Cuiabá | MT
  • EMEB Pe. Paulo Petruzzellis – Criciúma | SC
  • EMEF Deborah Silva Camargo – Cananéia | SP
  • EMEIEF Chapeuzinho Vermelho – Ariquemes | RO
  • Escola Djalma Souto Maior Paes – Glória do Goitá | PE
  • Instituto Estadual de Educação Marcílio Dias – Torres | RS