Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Programas Letras e Números Escrevendo o Futuro

Um novo desenho

Diante dos desafios da pandemia, estratégia de formação de professores de língua portuguesa atua para evitar o aumento de desigualdades educacionais, constrói um modelo totalmente on-line e amplia a oferta de cursos

Imagem de vídeo do programa Escrevendo o Futuro, que organiza a Olimpíada de Língua Portuguesa: formação que proporciona inovação, inspiração e compartilhamento de experiências entre educadores

O programa Escrevendo o Futuro contribui para a melhoria do ensino e da aprendizagem da língua portuguesa em escolas públicas de todo o país. Desde 2002, vem realizando diversas modalidades de formação presencial e à distância para educadores, além da Olimpíada de Língua Portuguesa, desenvolvida em parceria com o MEC (Ministério da Educação). No ano de 2020, o distanciamento físico imposto pela pandemia de Covid-19 trouxe um problema especialmente desafiador para uma iniciativa que há anos mobiliza dezenas de milhares de professores e estudantes, de escolas de quase 90% dos municípios brasileiros, e que, paralelamente ao crescente compartilhamento de cursos on-line, tem valorizado a realização de atividades presenciais para encontros e formações. Assim, os esforços imediatos do programa se concentraram em dar respostas rápidas que contribuem para evitar o aumento das desigualdades educacionais: ampliar imediatamente a oferta de formações on-line e a disponibilidade de vagas; e construir um novo formato para a Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, redesenhando seu modelo para que em 2021 a sua 7ª edição se realize de modo totalmente on-line e com foco ainda maior na produção coletiva e no protagonismo do educador.


Por meio do portal Escrevendo o Futuro, ambiente de formação à distância para educadores, o programa promove interação entre os usuários, disponibiliza materiais, metodologias e notícias e divulga ações. A cada dois anos, organiza a Olimpíada de Língua Portuguesa, estratégia de formação de professores que se realiza por meio de concurso de produção de texto para estudantes de escolas públicas de todo o país, do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio. Professores inscritos orientam seus alunos a escreverem textos nas categorias: poema, memórias literárias, crônica, artigos de opinião e documentário.


No ano de 2020, o programa registrou a participação de 9.737 educadores de 2.237 municípios, beneficiando 657 mil crianças, adolescentes e jovens. Além do crescente alcance, destaca-se a percepção da qualidade da formação, segundo avaliação dos próprios usuários. Entre os participantes das formações, 87% declararam ter ampliado seus conhecimentos na temática abordada.

Em números

9.737

participantes em ações formativas

2.237

municípios

747

secretarias de Educação

657 mil

crianças, adolescentes e jovens beneficiados

87%

dos beneficiários declararam ter ampliado seu conhecimento no tema da formação

89

pontos (nível de excelência) na pesquisa com usuários

Canal Futura
Cenpec (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária)
Consed (Conselho Nacional dos Secretários de Educação)
Fundação Roberto Marinho
MEC (Ministério da Educação)
Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação)