Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Programas Investimento na Sociedade Civil

Compromisso com quem protege e cuida

Diante do cenário de desproteção e vulnerabilidade, organizações da sociedade civil são agentes fundamentais na mobilização comunitária para enfrentamento das emergências da pandemia

Nivaldo Miranda recebe a cesta básica ao lado da esposa, Maria de Nazaré, e de três dos cinco filhos (Ronivaldo, 14 anos, Rubiana, 9, e Ronielson, 3), em ação realizada em Portel (PA) pela OSC CAME, apoiada pelo programa Comunidade, Presente! Foto: Jean Carlo Ribeiro/CAME/Divulgação

Se há uma lição a aprender com o ano de 2020 é a importância da sociedade civil organizada quando uma situação de emergência se impõe ampliando ainda mais as desigualdades sociais. Especialmente no contexto da defesa e da garantia de direitos de crianças, adolescentes e jovens, já que as necessidades de proteção e de cuidado estão no cotidiano vivido nos próprios territórios de atuação dessas organizações da sociedade civil (OSCs). Assim, ganha ainda maior relevância o conjunto de ações e programas voltados para o desenvolvimento institucional, assessoria técnica e apoio financeiro a organizações da sociedade civil, um dos pilares estratégicos do Itaú Social. As páginas a seguir detalham essas ações, mais necessárias do que nunca para fortalecer vínculos familiares diante de um cenário como o de 2020, marcado pelo aumento da violência doméstica e da violação de direitos. Uma iniciativa, em especial, simboliza este momento em que a prioridade é cuidar:  o curso Rede de proteção, que em 2020 foi um dos mais acessados do Polo, o ambiente de formação do Itaú Social. 

Ficha técnica

Coordenador de comunicação: Alan Albuquerque R. Correia • Coordenação: Rodrigo Souza Silva • Projeto e produção editorial, textos, revisão, identidade visual e design de interface: Galápagos Newsmaking

Relatório 2020 - Itaú Social