Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

Escala e agilidade

O apoio emergencial chegou a 138 organizações, e 157 mil famílias foram beneficiadas com cestas básicas, kits de higiene, equipamentos de proteção individual e milhares de livros da coleção Leia para uma Criança

A pedagoga e coordenadora-geral Cláudia Costa: voluntários entregam kits de higiene básica nas residências. Foto: Matheus Felipe Pereira/Casa Pequeno Davi/Divulgação

Em 2020, um conjunto de ações articuladas pelo Itaú Social com a iniciativa Apoio Emergencial Covid-19 beneficiou 157 mil famílias e 138 instituições, a partir de investimento extra de R$ 52 milhões. Num cenário em que a desproteção e a insegurança alimentar se agravaram intensa e rapidamente, organizou-se uma resposta de proteção que começou pela escuta diagnóstica dos parceiros com atuação nos territórios de maior vulnerabilidade social. 

Graças a esse relacionamento prévio — e da rede ampliada que se acessou a partir daí — foi possível imprimir agilidade e escala à ação. Por intermédio de organizações com atuação reconhecida nos territórios, as comunidades assistidas receberam cestas básicas, kits de higiene e equipamentos de proteção individual. A prioridade à segurança alimentar e outros itens de primeira necessidade não impediu que também fizesse parte desse esforço de apoio emergencial uma ação relacionada ao vínculo com o aprendizado e à garantia do direito à leitura, que beneficiou dezenas de milhares de crianças. Mais de 82 mil exemplares de livros da coleção Leia para uma Criança foram incluídos na composição de cestas básicas distribuídas. O apoio emergencial também envolveu ações voluntárias dos Comitês Mobiliza Itaú, respeitando o isolamento social.