Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca

Pilar

Formação de profissionais da educação

Prazer em Ler

As bibliotecas comunitárias têm papel central na garantia do direito à leitura. Elas fornecem acesso ao conhecimento e à cultura, contribuindo com a formação integral do cidadão. De que maneira é possível fortalecer a atuação desses espaços?

  • Colaboramos com a articulação das redes de bibliotecas comunitárias, com o intuito de potencializar a difusão do hábito de leitura.

 

O contexto

O brasileiro lê em média 2,43 livros inteiros por ano, segundo a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil (2016). O índice é considerado baixo na comparação com outros países, reflexo da qualidade da formação escolar do país. Por outro lado, a mesma pesquisa mostra que para grande parte dos brasileiros, a leitura é vista como possibilidade de ampliar horizontes e, até mesmo, de melhoria das condições de vida.

  • Buscamos contribuir para a efetivação do direito à leitura, por meio da formação de leitores e da formulação e aperfeiçoamento de políticas públicas.

 

Finalidade

O programa Prazer em Ler atua no fortalecimento da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias (RNBC), que agrega 11 redes em todas as regiões do país, em um total de 105 bibliotecas. A Rede possui quatro eixos de ação:

  • Espaço: locais organizados para acolher diferentes tipos de público e estimular a leitura;
  • Acervo: fornecimento de livros e outros suportes, preferencialmente de literatura;
  • Mediação: ação capaz de incentivar a cultura leitora na comunidade;
  • Gestão: processos colaborativos que garantam a equidade da participação dos atores envolvidos, com visão estratégica de monitoramento e avaliação.

O Prazer em Ler também apoia iniciativas que fomentam a leitura de forma democrática, como feiras literárias, oficinas com autores e ampliação de bibliotecas comunitárias em diferentes territórios. Para o programa, quando os cidadãos se apropriam das práticas literárias e da cultura escrita, eles se tornam também multiplicadores dessas práticas. Da mesma forma, as bibliotecas podem se tornar espaços potenciais para compartilhamento de produções autorais, o que reforça identidades locais.

Além disso, o Prazer em Ler busca expandir sua atuação, promovendo ações para aumentar a visibilidade da pauta sobre a leitura no país e articulando políticas públicas que garantam o direito ao livro e à leitura.

 

Parceiro

 

Referências