Ir para o conteúdo Ir para o menu Ir para a Busca
Polo de desenvolvimento educacional
Notícias Institucional

Dia do Jornalista: confira 7 reportagens premiadas no Edital de Jornalismo de Educação

Em diferentes formatos, matérias jornalísticas receberam apoio de R$ 8 para sua produção. Edital é realizado pela Jeduca e Itaú Social


Em comemoração ao Dia do Jornalista, 7 de abril, o Itaú Social destaca as reportagens selecionadas pelo 2º Edital de Jornalismo de Educação, realizado em parceria com a Jeduca (Associação de Jornalistas de Educação). As matérias, realizadas em diferentes formatos, foram selecionadas entre 50 propostas que concorreram às bolsas de R$ 8 mil.

Os projetos foram avaliados pela Comissão Julgadora e Editorial do Edital, coordenada pela jornalista Denise Chiarato. Também integraram a comissão Marta Avancini, Ricardo Falzetta e Rodrigo Ratier. O edital também premiou TCCs (Trabalhos de Conclusão de Curso) na categoria Estudante. 

Conheça as reportagens:

“O local ensina o global”, de Antonio Laranjeira, publicada no portal InfoSãoFrancisco: reportagem sobre experiências em escolas públicas urbanas e rurais, em diferentes regiões do Brasil, relacionadas ao uso de tecnologias de comunicação geoespacial em articulação com o conhecimento local e como estratégia para a melhoria da qualidade da educação. 

“Sem Recreio”, de Joana Suarez e Luiza Muzzi, publicada no site do projeto Lição de Casa: investigação sobre as relações entre o abandono escolar durante o fechamento das escolas em função da pandemia de Covid-19 e o trabalho infantil.  A reportagem contou com a participação de 15 jornalistas de 10 estados, que levantaram 70 casos de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil. 

Especial “Efeito Desmonte”, de Bruno Vinícius e Amanda Rainheri, publicado na Agência Retruco: Investigação sobre o impacto da redução no orçamento do MEC (Ministério da Educação) em universidades e institutos federais do interior do Nordeste, especialmente na realização de pesquisas e no desenvolvimento de áreas do semiárido que haviam sido impactadas positivamente com a instalação dessas instituições. 

“Sem aulas presenciais, municípios da Chapada criam soluções para manter o vínculo”, de Andrea Lemos, publicada no Correio da Bahia: matéria sobre como 21 municípios da região da Chapada Diamantina (BA) se organizaram para enfrentar em conjunto os efeitos da pandemia de Covid-19. Essas redes de ensino integram um ADE (Arranjo de Desenvolvimento da Educação) criado há cerca de 20 anos para fortalecer a formação continuada de professores. 

Série “Educação inclusiva das pessoas com deficiência”, de Cristiana Jordão Nery e Luiza Ferreira Ribeiro, veiculada pela TVE Bahia: quatro reportagens sobre os desafios enfrentados pelos estudantes com deficiência no contexto da pandemia, a legislação, a inclusão na escola comum e o acesso ao mercado de trabalho. Veja a sequência 1, 2, 3, 4

Especial “Ocupado: os estudantes entre o velho e o novo Ensino Médio”, de Gustavo Queiroz e Douglas Maia, publicado no Jornal Plural: em duas reportagens, o especial resgata o movimento de ocupação de escolas por estudantes secundaristas no Paraná que, em 2017, se opuseram à chamada reforma do ensino médio. 

“Se eu passar mais esse ano sem estudar, penso realmente em desistir”, de Gabriela Portilho, publicada na revista Nova Escola: investigação sobre as razões que levam as adolescentes a abandonar os estudos no contexto da pandemia de Covid-19, centrada em estudantes indígenas e negras. A matéria analisa como o novo contexto sociopolítico pode impactar a vida escolar dessas meninas, agravando ainda mais as desigualdades educacionais e de gênero no país.